icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
18/11/2014
19:37

Demitido pelo presidente do Botafogo Mauricio Assumpção, juntamente com Emerson, Edilson e Julio Cesar, o zagueiro Bolívar mantém vivas as esperanças de voltar a jogar pelo clube em 2015. Porém, para isto, dependerá da nova diretoria que será eleita no próximo dia 25. No entanto, apesar deste desejo, e de destacar a grande identificação que teve com o Alvinegro, o General não descarta atuar em outra equipe carioca no ano que vem. 

- Tenho uma admiração grande pelo Botafogo. Meu respeito pelo clube é grande. E se tiver esta oportunidade, eu quero retornar (ano que vem). Mas não posso descartar (jogar por outro clube carioca), sou profissional. É inevitável que outros clubes apareçam. A proposta que aparecer vou conversar e analisar - disse Bolívar, em entrevista à Rádio Brasil, nesta terça-feira. 

Bolívar e os demais jogadores deixaram o Botafogo devido a insatisfação do presidente com a atuação deles no Campeonato Brasileiro. O zagueiro, porém, até a saída dele, foi um dos mais regulares da equipe no Brasileirão. Na opinião dele, os atletas que saíram estão fazendo falta, principalmente pela experiância, em um momento em que o time luta para não ser rebaixado. 

O zagueiro assinou a rescisão contratual com o clube, mas destacou que ainda não recebeu nada do valor que o clube lhe deve. Com isso, uma ação dele será movida para receber o que lhe é devido.