icons.title signature.placeholder Felipe Domingues, Guilherme Cardoso e Luis Fernando Ramos
08/11/2014
11:11

Antes mesmo do fim da temporada, o que mais se ouve no paddock da Fórmula 1 é a pergunta: "para onde você vai na próxima temporada?". Apesar de algumas definições, três campeões Mundiais ainda não confirmaram seus passos, além de novidades no grid.

Com a saída confirmada de duas equipes, Caterham e Marussia, nem ao menos o número de escuderias para a próxima temporada está certa. Cogita-se que a Audi possa entrar no campeonato de 2015, ou até mesmo os times correrem com três carros.

A temporada foi de altos e baixos para figuras carimbadas do paddock, como Sebastian Vettel e Felipe Massa, surpreendentes para novatos como Valtteri Bottas e Daniel Ricciardo, decepcionante para outros, como Kimi Raikkonen e Jenson Button.

Tendo essa análise em mente, confira abaixo um resumo das equipes até o momento, a duas corridas do fim da temporada 2014 da Fórmula 1.

Mercedes - Campeã de construtores
- Lewis Hamilton (GBR) - Virtual campeão da temporada, renovou contrato com a equipe e tem sua sequencia nas Flechas de Prata praticamente certa.
- Nico Rosberg (ALE) - Vice-líder do campeonato, trava uma ótima briga com o companheiro pelo título. Renovou contrato com a Mercedes e seguirá em 2015.

Red Bull - Vice-líder nos construtores
- Sebastian Vettel (ALE) - O tetracampeão da Fórmula 1 deixará a equipe no fim do ano. Seu destino, porém, não foi revelado, ainda que seja quase certa sua ida para a Ferrari. Está em quinto no campeonato.
- Daniel Ricciardo (AUS) - Assumiu o controle da equipe nesse ano, conquistando três vitórias e surpreendendo em sua temporada de estreia. Assume o cockpit 1 da equipe em 2015.

Williams - Terceira nos construtores
- Felipe Massa (BRA) - Apesar da fraca temporada, com a oitava posição geral, seguirá na equipe até 2016.
- Valtteri Bottas (FIN) - É o quarto melhor do ano e colocou sua Williams no pódio cinco vezes nesse ano. É tratado como "protótipo de campeão do mundo".

Ferrari - Quarta nos construtores
- Fernando Alonso (ESP) - O bicampeão do mundo é o quinto no campeonato, e já avisou que não segue na escuderia italiana em 2015. Seu destino está entre a McLaren e uma possível entrada da Audi para o próximo ano.
- Kimi Raikkonen (FIN) - O campeão de 2007 decepcionou nesse ano. Em seu retorno à Ferrari, é apenas o 12º no campeonato e lutou contra o fraco desempenho em seu carro. Segue na equipe para o próximo ano.

McLaren - Quinta nos construtores
- Jenson Button (GBR) - O dono do título em 2009 é o sétimo melhor no ano, mas tem seu futuro incerto em 2015, com a concorrência de Alonso.
- Kevin Magnussen (DIN) - Em seu ano de estreia na Fórmula 1 não fez feio, andando muitas vezes à frente de seu experiente companheiro. É o décimo no campeonato, mas também não tem destino fechado.

Force India - Sexto nos construtores
- Nico Hulkenberg (ALE) - Esperança na Fórmula 1, não foi ajudado por seu carro neste ano, que caiu de rendimento do meio para o fim da temporada, e é o nono no ano. Deve seguir no time indiano para 2015.
- Sergio Pérez (MEX) - O mexicano é um dos "compradores de vaga" na Fórmula 1. Com muitos erros, ocupa a 11ª posição no campeonato. Pode deixar a equipe no ano que vem.

Toro Rosso - Sétima nos construtores
- Jean-Eric Vergne (FRA) - É o 13º no campeonato, mas conseguiu ter alguns bons resultados com um carro não tão forte. Tem vaga ameaçada na equipe.
- Daniil Kvyat (RUS) - O novato na categoria se deu bem nesse ano. Apesar de um início de temporada mais forte do que seu encerramento, ocupa a 15ª posição no campeonato e garantiu vaga na Red Bull para 2015.
- Max Verstappen - O jovem holandês de 17 anos foi contratado pela equipe e fará sua estreia na categoria em 2015.

Lotus - Oitava nos construtores
- Romain Grosjean (FRA) - É o 14º na temporada, com um carro que decepcionou em comparação com o do ano passado. Deve seguir na equipe em 2015.
- Pastor Maldonado (VEN) - Decepcionou. Em 16º, não conseguiu se acertar com a Lotus nessa temporada e aposta todas as suas fichas na próxima.

Marussia - Nona nos construtores, mas deixou a Fórmula 1 antes mesmo do fim da temporada. O britânico Max Chilton deve virar piloto reserva de alguma equipe, enquanto o francês Jules Bianchi segue internado após acidentar-se gravemente no Japão.

Sauber - Décimo nos construtores
- Adrian Sutil (ALE) - Em uma temporada fraca, é apenas o 18º. Foi substituído na Sauber e não deve seguir na categoria para 2015.
- Esteban Gutiérrez (MEX) - O mexicano patrocinado pelo milionário mexicano Carlos Slim não fica para 2015. Neste ano, foi apenas o 20º.
- Felipe Nasr (BRA) - O piloto de testes da Williams foi confirmado como titular da Sauber em 2015.
- Marcus Ericsson (SUE) - Titular da Caterham neste ano, é apenas o 19º no campeonato, mas ganhou uma vaga na Sauber.

Caterham - 11ª nos construtores, o time deixou a Fórmula 1. Ericsson assinou com a Sauber, enquanto o japonês Kamui Kobayashi não deve continuar pelos paddocks da Fórmula 1.