icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
26/02/2015
23:37

Foi sofrido, mas não foi em vão. Jogando desde os 33 minutos do primeiro tempo com um jogador a menos, o Avaí conseguiu segurar o empate, fora de casa, diante do Guarani de Palhoça, pela sétima rodada do Catarinense. André Lima e Anderson Lopes marcaram para o Leão, enquanto Pablo (contra) e Vitinho fizeram para o Bugre. Com o resultado, Avaí e Guarani seguem em situação delicada no estadual, ocupando a antepenúltima e a penúltima colocações, respectivamente.

Aos 12 minutos do primeiro tempo, após um bate e rebate na área, Eltinho derrubou Michel. Vitinho cobrou a penalidade e colocou o Bugre na frente. A vantagem durou menos de três minutos: André Lima aproveitou escanteio e voltou a balançar as redes após um ano e quatro meses de jejum.

 Aos 31, Pablo tentou proteger a bola de Michel dentro da área e acabou marcando contra. Dois minutos depois, Philipe Maia deu entrada dura em Vitinho e recebeu o cartão vermelho, complicando ainda mais a situação da equipe de Geninho.

No segundo tempo, Anderson Lopes sofreu pênalti e converteu, empatando a partida. Para tentar aproveitar a superioridade numérica, o técnico Amaro Júnior fez mudanças no Guarani, mas encontrava um Avaí marcador e não disposto a entregar os pontos. Aos 40 minutos da etapa final, o Leão foi para o ataque e perdeu três grandes chances com André Lima, Rômulo e Edinho.