icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/04/2014
20:24

O Botafogo volta a campo pela Libertadores na noite desta quarta-feira, contra o Unión Española (CHI), às 19h45, no Maracanã, num jogo importantíssimo. Em caso de vitória, o Alvinegro garante antecipadamente classificação para as oitavas de final da Libertadores e também o primeiro lugar do Grupo 2. Além disso, o Glorioso tem um compromisso complicado pela última rodada, quando enfrenta o San Lorenzo (ARG), no Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires.

Para o técnico Eduardo Hungaro, o Botafogo vai precisar do seu melhor rendimento para superar os chilenos no Maracanã.

- Estamos numa situação muito boa para decidir a classificação. Isso é fruto do trabalho dos jogadores nas partidas anteriores. Vamos enfrentar um grande adversário, que está invicto fora de casa, que tivemos dificuldades no Chile. Precisamos do nosso melhor rendimento para vencê-los. Temos que vencer - comentou o treinador.

O jogo será realizado em meio à crise financeira que vive o clube. Nos últimos dias, os jogadores fizeram uma série de protestos, insatisfeitos com a postura da diretoria, que ainda não conseguiu pagar os salários atrasados do mês de fevereiro. Apesar disso, o lateral Lucas garante que a torcida pode ficar despreocupada, já que, segundo ele, os jogadores vão entrar em campo com muito empenho.

- A torcida pode ficar tranquila, pois isso não interefere em nada - analisou o jogador, que será novamente titular no lugar de Edilson, suspenso.

Além de Lucas, o Botafogo terá dois jogadores que não são considerados titulares na partida. Suspensos, Gabriel e Ferreyra dão lugar a Bolatti e Ferreyra.

INVICTO FORA DE CASA, TIME CHILENO VEM MAIS EXPERIENTE

O Unión Española (CHI) veio ao Rio com um grupo de jogadores mais experiente do que aquele que enfrentou o Botafogo no Chile. A equipe principal está reforçada de jogadores que eram desfalques no empate de 1 a 1 no Estádio Santa Laura, em Santiago.

Um destes atletas é o atacante Canales, destaque do time, ao lado do meia Chávez. Este último, aliás, marcou o gol chileno na primeira partida entre as equipes.

Ontem, os hispanos – apelido da equipe chilena – tinham a previsão de fazer o reconhecimento do gramado do Maracanã, palco da partida, mas a atividade foi cancelada por falta de tempo. Durante a passagem pelo Rio, o time treinou no campo anexo do Engenhão.

Assim como o Botafogo, o Unión Española garante a classificação para as oitavas de final da Libertadores em caso de vitória no Maracanã. Com seis pontos, o time chileno ainda joga a última rodada em casa, contra o Independiente del Valle (EQU). Por isso, o Unión depende apenas dele próprio para avançar de fase na competição.

Um fato curioso é que o Unión Española está invicto fora de casa na competição sul-americana. Os chilenos empataram em 2 a 2 com o Independiente del Valle e em 1 a 1 com o San Lorenzo.

BOTAFOGO X UNIÓN ESPAÑOLA

Local: Maracanã
Data/horário: Quarta-feira, às 19h45
Árbitro:  Daniel Fedorkzuc (URU)
Auxiliares: Mauricio Espionsa (URU) e Nicolas Taran (URU)

Botafogo: Jefferson, Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Bolatti, Jorge Wagner e Lodeiro; Wallyson e Henrique. Técnico: Eduardo Hungaro.

Unión Española: Sanchez, Currimilla, Ampuero, Berardo e Navarrete; Faravelli, Pavez, Chávez, Jaime e Campos; Canales. Técnico: José Luis Sierra.