icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2013
16:39

A tarefa do Ceará deste final de semana não é das mais fáceis. Para retornar à primeira divisão do futebol nacional, o alvinegro terá de vencer, no próximo sábado, o Joinville, na Arena Castelão, e ainda torcer para que Icasa e Figueirense não vençam suas respectivas partidas. As perspectivas, no entanto, não parecem assustar o meia Thiago Humberto que afirmou que as dificuldades apresentadas para esta partida final ficam do lado de fora do gramado e terminam no momento do apito do árbitro.

- Nosso time sabe exatamente tudo aquilo que será preciso para levarmos o Ceará para a primeira divisão novamente. Durante a semana, trabalhamos pensando em tudo isso e, especialmente, no nosso adversário. Mas isso vai até a hora da partida. Quando entramos em campo, isso fica para trás. Precisamos vencer e essa é nosso foco inicial. Sem uma vitória, não adianta nada. Depois de construirmos ela, começamos a pensar nos resultados paralelos - disse o atleta.

O acesso para a primeira divisão é tratado como essencial para o time Ceará, tudo por conta de certa motivação especial. Na próxima temporada, o alvinegro completa 100 anos de história. Uma data que ficará marcada para os torcedores e para os atletas que farão parte dela. O meia Thiago Humberto, que está em sua segunda passagem no clube, ressalta que subir para a Série A será o primeiro grande presente nessa comemoração.

- Tenho um respeito e um carinho muito grandes por todos aqui no Ceará. Sempre me trataram com extremo profissionalismo, e isso é importante demais na vida de qualquer profissional. Agora, eu e todos no elenco temos a possibilidade real de dar o retorno que esse clube quase centenário merece. No próximo final de semana, com o Castelão lotado, vamos fazer de tudo para colocar o time na primeira divisão em um ano que será incrível para todos - definiu o meio-campista.