icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2013
19:29

O treinador Marquinhos Santos promoveu mudanças na equipe que vai a campo contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 21h, no Couto Pereira. O meia Lincoln - que jogou bem contra o Vitória - terá, ao que tudo indica, uma vaga entre os titulares do Coxa.

- Escolhi o Lincoln pela questão tática de jogo, pela nossa forma de jogar com a posse de bola, que é o nosso principal quesito técnico e tático. Na ausência do Deivid e com a presença do Bill, temos a necessidade de preenchermos esse quesito.

O meia também é opção para dar mais liberdade ao camisa 10 Alex, artilheiro da equipe na competição, que está surpreendendo a todos com o futebol de alto nível apresentado, mesmo com seus 35 anos de idade. Marquinhos não deixou de elogiar o seu principal atleta e explicou a função que ele ocupará tendo Lincoln na equipe.

- O Alex tem tido essa liberdade de ação de jogo, tanto que ele tem alcançado números impressionantes para um meia, sendo o vice-artilheiro da competição. Ele ganha mais liberdade de aproximação e movimentação com o Bill. Além de menos desgaste sem a posse de bola, não tendo que encaixar tanto a marcação - finalizou o comandante.

O Alviverde é a última equipe invicta no Campeonato Brasileiro, e uma vitória contra a Macaca pode marcar o retorno à liderança da competição.

O treinador Marquinhos Santos promoveu mudanças na equipe que vai a campo contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 21h, no Couto Pereira. O meia Lincoln - que jogou bem contra o Vitória - terá, ao que tudo indica, uma vaga entre os titulares do Coxa.

- Escolhi o Lincoln pela questão tática de jogo, pela nossa forma de jogar com a posse de bola, que é o nosso principal quesito técnico e tático. Na ausência do Deivid e com a presença do Bill, temos a necessidade de preenchermos esse quesito.

O meia também é opção para dar mais liberdade ao camisa 10 Alex, artilheiro da equipe na competição, que está surpreendendo a todos com o futebol de alto nível apresentado, mesmo com seus 35 anos de idade. Marquinhos não deixou de elogiar o seu principal atleta e explicou a função que ele ocupará tendo Lincoln na equipe.

- O Alex tem tido essa liberdade de ação de jogo, tanto que ele tem alcançado números impressionantes para um meia, sendo o vice-artilheiro da competição. Ele ganha mais liberdade de aproximação e movimentação com o Bill. Além de menos desgaste sem a posse de bola, não tendo que encaixar tanto a marcação - finalizou o comandante.

O Alviverde é a última equipe invicta no Campeonato Brasileiro, e uma vitória contra a Macaca pode marcar o retorno à liderança da competição.