icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
25/08/2015
20:37

Destaque do Shakhtar Donetsk neste início de temporada, o meia Marlos foi fundamental para a classificação do clube à fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Nesta terça-feira, o jogador fez o primeiro gol da equipe no empate em 2 a 2 com o Rapid Viena, em Liviv, na Ucrânia, que garantiu o time na sequência da competição. A vaga só veio porque na partida de ida, realizada na Áustria, o ex-jogador do São Paulo havia marcado o gol da vitória por 1 a 0. Com a classificação assegurada, a equipe ucraniana disputará a principal fase do torneio pela sexta vez consecutiva.

O primeiro gol da partida saiu logo aos 10 minutos. Marlos recebeu a bola e, de fora da área, marcou um golaço para colocar o Shakhtar em vantagem. O gol logo cedo deixou os torcedores ucranianos mais tranquilos, mas o Rapid Viena não sentiu o golpe e, em poucos minutos, virou a partida. O austríaco Louis Schaub, aos 13, e o alemão Steffen Hofmann, aos 22, marcaram para os visitantes. Cinco minutos depois, porém, o ucraniano Oleksandr Gladkiy deixou tudo igual. Apesar de os austríacos terem criado boas oportunidades de gol, o placar permaneceu inalterado e o Shakhtar jogará a fase de grupos da Champions League mais uma vez em sua história.

- Nós já sabíamos que o jogo seria difícil. Eles eliminaram o Ajax, na Holanda, e o nosso time tinha que entrar ligado para não ser surpreendido. Conseguimos marcar o gol logo cedo, mas eles não perderam a concentração, vieram pra cima e viraram. Mesmo após levar os dois gols, a gente manteve o padrão de jogo e conseguiu empatar. Ai eles precisavam do resultado e vieram com tudo, mas nós conseguimos segurar a pressão e nos classificamos. Todo mundo está de parabéns - vibrou o camisa 11.

Em ótima fase, Marlos chegou ao seu terceiro gol na temporada, o segundo na Liga dos Campeões. Feliz, o meia comentou a fase artilheira.

- Eu cheguei ao clube no ano passado e precisava de um tempo. Agora estou mais adaptado e comecei bem a temporada. Dos 11 jogos, fui titular em dez e consegui jogar bem. Preciso manter o mesmo ritmo e seguir evoluindo cada dia mais - disse o brasileiro, que entrou em campo 10 vezes na temporada, marcou três gols e deu uma assistência. Desde que chegou ao clube, Marlos fez 45 jogos, marcou oito gols e deu cinco assistências.

Além de Marlos, outros seis brasileiros participaram do jogo contra o Rapid Viena. Márcio Azevedo, Alex Teixeira, Fred e Taison iniciaram a partida como titulares. Bernard e Eduardo da Silva entraram no fim. Nesta quarta-feira, mais cinco partidas definirão os últimos classificados para a próxima fase da Liga dos Campeões e o sorteio dos grupos será realizado na próxima quinta-feira.

Destaque do Shakhtar Donetsk neste início de temporada, o meia Marlos foi fundamental para a classificação do clube à fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Nesta terça-feira, o jogador fez o primeiro gol da equipe no empate em 2 a 2 com o Rapid Viena, em Liviv, na Ucrânia, que garantiu o time na sequência da competição. A vaga só veio porque na partida de ida, realizada na Áustria, o ex-jogador do São Paulo havia marcado o gol da vitória por 1 a 0. Com a classificação assegurada, a equipe ucraniana disputará a principal fase do torneio pela sexta vez consecutiva.

O primeiro gol da partida saiu logo aos 10 minutos. Marlos recebeu a bola e, de fora da área, marcou um golaço para colocar o Shakhtar em vantagem. O gol logo cedo deixou os torcedores ucranianos mais tranquilos, mas o Rapid Viena não sentiu o golpe e, em poucos minutos, virou a partida. O austríaco Louis Schaub, aos 13, e o alemão Steffen Hofmann, aos 22, marcaram para os visitantes. Cinco minutos depois, porém, o ucraniano Oleksandr Gladkiy deixou tudo igual. Apesar de os austríacos terem criado boas oportunidades de gol, o placar permaneceu inalterado e o Shakhtar jogará a fase de grupos da Champions League mais uma vez em sua história.

- Nós já sabíamos que o jogo seria difícil. Eles eliminaram o Ajax, na Holanda, e o nosso time tinha que entrar ligado para não ser surpreendido. Conseguimos marcar o gol logo cedo, mas eles não perderam a concentração, vieram pra cima e viraram. Mesmo após levar os dois gols, a gente manteve o padrão de jogo e conseguiu empatar. Ai eles precisavam do resultado e vieram com tudo, mas nós conseguimos segurar a pressão e nos classificamos. Todo mundo está de parabéns - vibrou o camisa 11.

Em ótima fase, Marlos chegou ao seu terceiro gol na temporada, o segundo na Liga dos Campeões. Feliz, o meia comentou a fase artilheira.

- Eu cheguei ao clube no ano passado e precisava de um tempo. Agora estou mais adaptado e comecei bem a temporada. Dos 11 jogos, fui titular em dez e consegui jogar bem. Preciso manter o mesmo ritmo e seguir evoluindo cada dia mais - disse o brasileiro, que entrou em campo 10 vezes na temporada, marcou três gols e deu uma assistência. Desde que chegou ao clube, Marlos fez 45 jogos, marcou oito gols e deu cinco assistências.

Além de Marlos, outros seis brasileiros participaram do jogo contra o Rapid Viena. Márcio Azevedo, Alex Teixeira, Fred e Taison iniciaram a partida como titulares. Bernard e Eduardo da Silva entraram no fim. Nesta quarta-feira, mais cinco partidas definirão os últimos classificados para a próxima fase da Liga dos Campeões e o sorteio dos grupos será realizado na próxima quinta-feira.