icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
22/06/2014
00:49

Diego Maradona continua sendo um cidadão polêmico. Na noite deste sábado, o ex-jogador mostrou o dedo do meio para responder a Julio Grondona que, segundo o jornal La Nacion, comemorou a vitória sobre o Irã dizendo que os três pontos vieram apenas depois de o 'pé-frio ter ido embora do Mineirão' - o ex-camisa 10 deixou o estádio um pouco antes do gol de Messi, que saiu nos acréscimos.

Além do gesto, que foi mostrado durante seu programa numa TV venezuelana, Maradona chamou o presidente da Associação de Futebol Argentina de 'pobre estúpido'. O dirigente ainda foi acusado de ser sustentado pela Fifa.

- Alguém disse que o gol saiu porque fui embora. Pobre estúpido... Tudo foi mérito de Lío Messi - disparou Maradona.

Depois, citando nominalmente a Grondona, Maradona acusou o dirigente de conseguir o seu patrimônio através da Fifa.

- O que posso dizer a Grondona é que tudo o que conquistei, ganhei trabalhando. Já o que ele tem, é da Fifa - afirmou.

O ex-jogador também disse que irá acionar os seus advogados contra o dirigente, e explicou que deixou o seu lugar por motivo de segurança.

- Vou tratar deste assunto com os meus advogados, porém não me incomodou. Por segurança me disseram que saísse do lugar onde estava, cinco minutos antes do fim da partida. Grondona disse que sou pé frio para esconder como está jogando mal a Argentina.

A hashtag MaradonaMufa (Maradona pé frio) foi trending topic mundial por horas neste sábado. A rusga entre o ex-camisa 10 e Grondona é de longa data.