icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/07/2013
13:04

Maior astro do time do Botafogo, Seedorf não terá marcação individual no clássico contra o Flamengo, domingo, no Maracanã. Quem garante é Mano Menezes. O técnico rubro-negro sabe o quanto é difícil parar o meia holandês, mas quer sua equipe jogando bola e rechaça a possibilidade de destacar apenas um jogador para ficar com a tarefa de marcar o craque de perto.

- Não é possível você enxergar o futebol individualmente e esse tipo de jogador tem uma capacidade de entendimento do jogo e de execução tão boas, que você não anula eles durante 90 minutos. Você sabe que ele vai fazer alguma coisa boa no jogo. Precisamos minimizar isso. Nós trabalhamos de uma maneira na marcação. A marcação por zona para manter a equipe organizada, já que queremos jogar. Se você tira um jogador do seu sistema para fazer uma marcação individual, esse jogador é tão inteligente que vai tirar esse marcador e colocar em um canto do campo que nós não queremos e, quando você recupera a bola, estamos desorganizados para fazer nossas jogadas ofensivas - disse à Rádio Tupi.

Com nove pontos, o Flamengo é o 15º colocado do Campeonato Brasileiro. O Botafogo, com 16, ocupa o segundo lugar, mas tem um jogo a menos que o Internacional, líder com 18.

Maior astro do time do Botafogo, Seedorf não terá marcação individual no clássico contra o Flamengo, domingo, no Maracanã. Quem garante é Mano Menezes. O técnico rubro-negro sabe o quanto é difícil parar o meia holandês, mas quer sua equipe jogando bola e rechaça a possibilidade de destacar apenas um jogador para ficar com a tarefa de marcar o craque de perto.

- Não é possível você enxergar o futebol individualmente e esse tipo de jogador tem uma capacidade de entendimento do jogo e de execução tão boas, que você não anula eles durante 90 minutos. Você sabe que ele vai fazer alguma coisa boa no jogo. Precisamos minimizar isso. Nós trabalhamos de uma maneira na marcação. A marcação por zona para manter a equipe organizada, já que queremos jogar. Se você tira um jogador do seu sistema para fazer uma marcação individual, esse jogador é tão inteligente que vai tirar esse marcador e colocar em um canto do campo que nós não queremos e, quando você recupera a bola, estamos desorganizados para fazer nossas jogadas ofensivas - disse à Rádio Tupi.

Com nove pontos, o Flamengo é o 15º colocado do Campeonato Brasileiro. O Botafogo, com 16, ocupa o segundo lugar, mas tem um jogo a menos que o Internacional, líder com 18.