icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/03/2014
00:45

Mano Menezes não vai revelar por nada o substituto de Jadson no clássico contra o São Paulo. Após a vitória do Corinthians sobre o Linense por 4 a 0, contra o Linense, o treinador deixou claro que só vai decidir que começa jogando o Majestoso horas antes de a bola rolar no Pacaembu. Ele não poderá contar com o meia por força de contrato e "acordo de cavalheiros" com o rival.

Questionado sobre quem vai escolher, o comandante alvinegro colocou três opções na mesa: Emerson Sheik, Renato Augusto e Danilo. O trio, aliás, saiu do banco de reservas e atuou no segundo tempo na cidade de Lins (SP).

ENQUETE: Quem deve ser o substituto de Jadson?

- O substituto do Jadson vou decidir na sexta-feira ou no sábado. Vai depender do que a gente quer. Tenho que manter o rendimento da equipe, temos de pensar nisso. Precisamos vencer o clássico, temos de pensar desta forma. Pode ser o Renato augusto, como o Emerson ou o Danilo. Todos podem fazer a função que o Jadson esta fazendo, mesmo que com características diferentes - explicou.

Quando perguntado se vale a pena pagar o R$ 1 milhão de multa contratual para Jadson entrar em campo, Mano foi cauteloso e deixou claro que dificilmente o Corinthians vai quebrar o acordo que fez com a equipe do Morumbi.

- O que foi acordado tem que ser cumprido. Se tiver multa e querer usar, pague a multa. É o que está em contrato. Parece que tem a multa. Mas o futebol é incrível, eu estava no Flamengo e pagamos a multa para o Marcelo Moreno jogar contra o Grêmio. Fomos mal e perdemos de 1 a 0. Acredito muito no nosso grupo e a maior demonstração de confiança é deixar o Jadson fora e confiar em alguém que não vem jogando - concluiu.

Jadson brilha e Corinthians goleia o Linense