icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
09/04/2014
10:11

Na primeira passagem pelo Corinthians (maio de 2008 e dezembro de 2010), Elias não era “o cara”. Contratado da Ponte Preta, era visto pela torcida como um jogador recém-chegado que precisava provar. Nos dois anos seguintes, já adaptado e à vontade, viveu à sombra de Ronaldo Fenômeno, astro e principal alvo das cobranças.

Agora, no retorno ao Parque São Jorge, tudo será diferente.

Pelo menos, é esta a visão do técnico Mano Menezes. Apesar de comemorar a contratação e anunciar que Elias será um dos seus titulares após a Copa do Mundo, o técnico fez questão de fazer um alerta em relação à primeira passagem de Elias.

– Ele precisará ser mais protagonista do que foi na primeira passagem. Quando ele chegou aqui, tinha atletas à frente dele nessa avaliação, agora, a situação é diferente. Ele significará qualificação dentro daquela filosofia de buscar jogadores com liderança, posicionamento vencedor – afirmou o comandante, que ainda falou da importância para o elenco.

Elias assumirá um protagonismo que, desde a saída de Paulinho, falta na equipe. Para Mano, os dois volantes podem, sim, ser comparados.

– Talvez sejam os dois jogadores com mais semelhança. São rápidos, com bom poder de retomada de bola e um fato extraordinário para a função de volante: chegar e marcar muitos gols. Ele se aproxima daquilo que o Paulinho fez – concluiu o técnico.

Veja quem foi protagonista no Timão depois do rebaixamento

Mano Menezes
Em 2008, o treinador foi ‘o cara’ da campanha de retorno à Série A. Não havia craques.

Ronaldo
Entre o fim de 2008 e início de 2011, não teve para ninguém: camisa 9 dominou o noticiário

Liedson
Em 2011, com a saída de Ronaldo, foi Levezinho quem assumiu o ataque e o protagonismo.

Paulinho
Entre os anos de 2011 e 2013, o volante foi um dos destaques e aquele que a Fiel confiava.

Emerson
Herói da final da Libertadores, ninguém foi mais protagonista no título histórico do que o Sheik.

Cássio
Assim como volante, foi fundamental nos títulos conquistados nos anos de 2012 e 2013.

Tite
Últimos momentos de Ronaldo, conquistas em sequência...sempre sob o comando do treinador