icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/06/2014
18:46

Nem todas as decisões do lendário técnico Sir Alex Ferguson à frente do Manchester United foram acertadas. Um dos maiores erros de sua carreira pode ter sido a recusa em assinar o meia James Rodríguez, craque da seleção colombiana e um dos craques da Copa do Mundo. A revelação foi oferecido aos Red Devils por 6,2 milhões de euros (R$ 18,7 milhões) em 2010, de acordo com o jornal "Daily Express".

Ao invés de assinar com Rodríguez, Sir Alex preferiu pagar alguns milhões a mais e levar o atacante Bebé. O português não teve chances no United e retornou ao futebol de seu país. Segundo a publicação, o Manchester United nem respondeu ao oferecimento do Banfield, clube que revelou James.

Assim, o colombiano acabou indo para o Porto, onde ganhou vários troféus, incluindo um tricampeonato português. No meio do ano passado, o Monaco gastou 45 milhões de euros (R$ 135,8 milhões) para levá-lo ao futebol francês, onde em sua primeira temporada ele se tornou o líder de assistências da Ligue 1. Após a Copa, ele estará ainda mais valorizado.