icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
17:00

Mais dois casos de doping no atletismo brasileiiro foram divulgados nesta quinta-feira. Segundo comunicado da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), assinado pelo superintendente Técnico Martinho Nobre dos Santos, os atletas Paulo Cezar Santos de Jesus e Camila Aparecida dos Santos foram flagrados em exames.

Segundo a CBAt, Paulo Cezar testou positivo no dia 24 de agosto, na cidade de Mandaguari (PR) durante controle fora de competição. Ele foi flagrado com a substância fenoterol. O exame foi realizado no laboratório de Montreal, no Canadá, e a entidade foi comunicada no dia 15 de outubro. No dia seguinte, o atleta foi comunicado do resultado da amostra A de sua urina.

No dia 18  de outubro, Paulo Cezar apresentou suas justificativas para a CBAt e não solicitou o exame da amostra B de sua urina no prazo determinado. A entidade, então, não aceitou as explicações da atleta, tendo comunicado este fato ao mesmo em 19 de novembro. Sendo assim, a CBAt suspedeu o competidor provisoriamente a partir de 19 de novembro. Paulo Cezar solicitou julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Camila, por sua vez, testou positivo em exame realizado no dia 25 de agosto, durante a Meia Maratona Internacional de Belo Horizonte (MG). A substância encontrada foi canrenone. A CBAt foi comunicada pelo laboratório canadense no dia 18 de outubro. A atleta tomou conhecimento do resultado positivo da amostra A da sua urina no dia 21 de outubro.

No dia 31 de outubro, a atleta apresentou suas justificativas para a CBAt e não pediu o exame da amostra B de sua urina no prazo determinado. Com isso, a entidade não aceitou as explicações da atleta, tendo comunicado este fato a mesma em 19 de novembro. Sendo assim, a CBAt suspendeu Camila provisoriamente a partir de 19 de novembro. Ela também solicitou julgamento no STJD.