icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2013
18:47

O polêmico atacante Luis Suárez inicialmente justificou sua vontade de sair do Liverpol pelo "fato" de estar sendo perseguido pela imprensa inglesa. Ao saber do interesse de outros clubes da Terra da Rainha, porém, o uruguaio mudou o tom e diz querer jogar a Liga dos Campeões, torneio para o qual os Reds não se classificaram. Ele ainda admitiu que ficou envaidecido com a cobiça do Arsenal:

 - Minha saída está no futuro, não sei se vou sair. Estou sempre em contato com meu agente. Mantenho meu telefone a meu lado para qualquer eventualidade. Dois ou três clubes estão interessados em mim. Fico feliz de ver times como o Arsenal se interessando em mim, mesmo após tudo que tem acontecido - declarou o jogador a uma rádio uruguaia.

Suárez se referiu ao fato de ele ter sido acusado e culpado de racismo contra Patrice Evra, jogador do Manchester United e, neste ano, ter mordido o braço de Ivanovic, adversário do Chelsea. Por conta de suas ações, ele se tornou um dos atletas mais odiados e perseguidos da Premier League.

O polêmico atacante Luis Suárez inicialmente justificou sua vontade de sair do Liverpol pelo "fato" de estar sendo perseguido pela imprensa inglesa. Ao saber do interesse de outros clubes da Terra da Rainha, porém, o uruguaio mudou o tom e diz querer jogar a Liga dos Campeões, torneio para o qual os Reds não se classificaram. Ele ainda admitiu que ficou envaidecido com a cobiça do Arsenal:

 - Minha saída está no futuro, não sei se vou sair. Estou sempre em contato com meu agente. Mantenho meu telefone a meu lado para qualquer eventualidade. Dois ou três clubes estão interessados em mim. Fico feliz de ver times como o Arsenal se interessando em mim, mesmo após tudo que tem acontecido - declarou o jogador a uma rádio uruguaia.

Suárez se referiu ao fato de ele ter sido acusado e culpado de racismo contra Patrice Evra, jogador do Manchester United e, neste ano, ter mordido o braço de Ivanovic, adversário do Chelsea. Por conta de suas ações, ele se tornou um dos atletas mais odiados e perseguidos da Premier League.