icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/02/2015
18:48

Um dos destaques do Santos na última temporada, o meia Lucas Lima começou 2015 sem muito brilho, embora venha demonstrando eficiência e sempre seja elogiado pelo técnico Enderson Moreira. Em seis partidas, ele deu uma assistência e não marcou nenhum gol. No entanto, o armador do Peixe prefere exaltar a força do coletivo e acredita que no momento certo vai se destacar.

- Os companheiros estão aparecendo, uma hora eu apareço também. Temos que evoluir muito ainda - comentou, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

O camisa 20 também foi indagado sobre a convocação da Seleção na próxima semana para amistosos contra a França e Chile, que acontecem no fim do mês. Lucas não escondeu o sonho de vestir a Amarelinha, mas adotou discurso cauteloso.

- É um sonho ser convocado, mas mantenho o pé no chão quanto isso. Procuro trabalhar. Claro que espero uma chance para mostrar meu valor lá. Mas quero fazer meu papel aqui primeiro e ganhar títulos - comentou o jogador, que trabalhou por pouco tempo com o atual técnico da Seleção, Dunga, no Internacional.

Contratado ano passado, Lucas Lima recebeu um robusto aumento no começo desse ano e acertou que não deixaria a Vila Belmiro até o meio do ano. O armador tem contrato até 2017. Domingo, contra o Linense, no Pacaembu, ele deve ser titular novamente.