icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/04/2014
22:16

Adriano estreou entre os titulares do Atlético-PR nesta quarta-feira. Mas foi ofuscado por outro camisa 9. Arthur marcou três gols na goleada do Londrina por 4 a 1 sobre o Furacão e garantiu uma final do interior no Campeonato Paranaense. Foi uma reviravolta histórica no Estádio do Café, já que em Curitiba, o Rubro-Negro derrotou o adversário por 3 a 1. O Tubarão começa a disputar o título do torneio com o Maringá, neste domingo.

O Imperador deu a primeira assistência como jogador atleticano. Entretanto, o passe foi ofuscado pela jogada brilhante do camisa 10 Marquinhos. Após receber o passe do centroavante, ele improvisou uma meia-lua para cima do zagueiro e bateu cruzado na saída do goleiro, aos 14 minutos.

O Londrina levou uma ducha de água fria. O Tubarão era melhor no jogo antes de ficar atrás do placar. Entretanto, o time da casa teve personalidade e partiu para cima do Furacão. O goleiro Rodolfo fez boas defesas, mas nada pôde fazer quando Arthur tocou para as redes, após jogada de Joel, aos 35.

A torcida do Tubarão teve o melhor início de segundo tempo possível. Logo aos 10 minutos, viu o camaronês Joel acertar belo chute e estufar as redes. Menos de dois minutos depois, após cobrança de escanteio, Arthur aproveitou saída ruim de Rodolfo e ampliou. 3 a 1 para o Londrina.

Mesmo sem ter em mãos a poderosa espada Excalibur, Arthur teve uma noite de rei e um coração de leão ao marcar o terceiro dele na partida, o quarto do Londrina, aos 30 da etapa complementar.

Com o resultado - e o regulamento - debaixo do braço, o Londrina se fechou e garantiu o resultado histórico. Nem mesmo a estreia de Adriano entre os titulares conseguiu ofuscar o sorriso cheio de dentes do Tubarão.