icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/06/2014
19:13

De fato, o segundo tempo da partida entre Alemanha e Gana foi quase um teste para cardíacos. Quatro gols, uma virada e muitas oportunidades para ambos os lados. Por conta disso, o técnico alemão, Joachim Löw, fez questão de rasgar elogios ao jogo, mas lembrou que gostaria de ter tido mais sorte nas bolas aéreas.

- Acho que o jogo deve ter sido fascinante para espectadores e torcedores. Duas equipes que correram muito e buscaram de forma incessante a vitória. Então, para os torcedores deve mesmo ter sido fantástico. Gostaria apenas de ter tido mais sorte em bolas paradas ou escanteios - disse.

 O treinador alemão ainda aproveitou para dar parabéns ao atacante Klose, que fez o gol de empate e igualou o brasileiro Ronaldo como maior artilheiro da história das Copa do Mundo, com 15 gols.

- Claro que fico muito feliz pelo Klose, já que marcou esse gol e está empatado com Ronaldo. E ainda estava em campo há apenas dois minutos. Isso é sensacional para a carreira dele, até porque teve uma temporada difícil. Para mim, é sensacional ter esse tipo de jogador, pois sei que ele pode decidir uma partida em uma jogada - comentou.

A Alemanha está na liderança do Grupo G da Copa do Mundo, com quatro pontos e um jogo a mais que Estados Unidos (três) e Portugal (zero). Na última rodada, os alemães encaram os norte-americanos, nesta quinta-feira, às 13h, em Recife.