icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/03/2014
13:38

O holandês Strootman se juntou nesta segunda-feira à indesejável lista dos jogadores que perderão uma Copa do Mundo por lesão. Já são nove os nomes daqueles que sofreram sérias lesões às vésperas do Mundial. A maioria dos problemas foram registrados no joelho, afetando sete dos jogadores que estarão fora da competição no Brasil.

Strootman, volante da Roma, também sofreu lesão no joelho. O volante teve constatada uma ruptura dos ligamentos cruzados do joelho esquerdo. Ficará pelo menos nove meses fora.

A lesão é semelhante à sofrida pelo atacante colombiano Falcao García. O jogador do Monaco operou o joelho esquerdo no último mês de janeiro, e sua recuperação está prevista para julho. Apesar de estar em tratamento fisioterápico, suas chances de marcar presença na Copa do Mundo são praticamente nulas.

Assim como Strootman e Falcao García, o meia do inglês Walcott sofreu lesão no joelho esquerdo no início do ano. A expectativa de recuperação é para o início de julho. Ou seja, mais um grande jogador que não estará no Brasil.

Outro inglês que corre risco é Wilshere. A lesão chegou no último amistoso da Inglaterra antes da Copa do Mundo, na quarta-feira passada. O meia do Arsenal fraturou o pé esquerdo em uma entrada do zagueiro dinamarquês Agger. O diagnóstico prevê seis semanas fora. O retorno em abril põe um ponto de interrogação em cima de sua convocação.

Jogadores afetados por graves lesões na véspera da Copa:

Falcao García

O atacante colombiano é a baixa mais significativa da Copa do Mundo até o momento. Falcao se lesionou após uma entrada do zagueiro Ertek, do Chasselay, clube da Quarta Divisão, em jogo válido pela Copa da França. O jogador foi operado em janeiro e já faz fisioterapia.

Strootman

O mais novo nome da lista. Sofreu lesão neste domingo, durante a derrota da Roma para o Napoli, por 1 a 0. Exame de ressonância magnética indicou que o volante estará fora por nove meses. A Federação Holandesa de Futebol já confirmou a sua ausência na Copa.

Walcott

O meia do Arsenal se lesionou no início de janeiro, durante vitória de 2 a 0 sobre o Tottenham. O problema no ligamento cruzado do joelho esquerdo o fará estar fora de combate até o início de julho.

Wilshere

Mais um meia do Arsenal com problemas de lesão. Levou uma entrada dura do zagueiro Agger, da Dinamarca e do Liverpool, e fraturou o pé esquerdo. Ainda não está descartado pelo técnico Roy Hodgson, mas sua situação é muito preocupante.

Khedira

O volante desfalcará a seleção da Alemanha por conta de uma lesão no joelho direito. O jogador sofreu uma ruptura no ligamento cruzado durante amistoso contra a Itália, em novembro do ano passado. Foi operado e só volta às atividades no fim de junho.

Giuseppe Rossi

O atacante da Fiorentina vinha sendo convocado pelo técnico italiano Cesare Prandelli. No início de janeiro, Rossi sofreu uma dura entrada do zagueiro Rinaudo, do Livorno. O resultado foi uma lesão no joelho direito, mesmo local onde já tinha passado por uma cirurgia recentemente. O prazo de sua recuperação ainda é indeterminado.

Bruma

O jovem atacante do Galatasaray, uma das esperanças de Portugal para a Copa do Mundo, sofreu ruptura de ligamento do joelho direito. O jogador foi operado em janeiro e ficará pelo menos quatro meses fora de ação.

Kruse

O atacante do Bayer Leverkusen não é um nome tão badalado, mas desfalcará a seleção da Austrália. Também em janeiro, o australiano sofreu ruptura do ligamento do joelho esquerdo durante treino de sua equipe.

Oviedo

O meia da seleção da Costa Rica está fora dos gramados até o fim de julho. O motivo foi uma fratura na perna esquerda, contraída no fim de janeiro durante uma partida contra o Stevenage, da Quarta Divisão, pela Copa da Inglaterra.