icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/03/2014
04:24

Confirmando o favoritismo, Lewis Hamilton cravou a pole position no treino deste sábado em Melbourne, na Austrália, com o tempo de 1m44s231. Debaixo de muita chuva, os pilotos alternaram estratégias e surpresas apareceram. Uma delas, a segunda colocação de Daniel Ricciardo, da Red Bull, com o tempo de 1m44s458 e que, após tantos problemas nos testes de pré-temporada, carregou a primeira colocação até o último segundo do treino, quando foi desbancado pelo inglês.

Nico Rosberg, da Mercedes, teve boa participação e completou o "pódio", com 1m44s549 e, ao seu lado na segunda fila, terá companhia de Kevin Magnussen, da McLaren, que fechou o treino com 1m45s745. Fernando Alonso garantiu a quinta colocação, com 1m45s819 seguido por Vergne, da Toro Rosso, Hulkenberg, da Force India e Kvyiat, também da Toro Rosso e que, no final do treino, encontrou o muro, sofrendo assim avarias no bico.

Felipe Massa cumpriu seu objetivo e levou seu carro até o Q3, porém, com uma estratégia de utilizar pneus intermediários em suas voltas finais, não conseguiu passar do nono lugar, com 1m48s079, mas ainda assim, ficou à frente de seu companheiro, Vatteri Bottas, que ficou com o décimo lugar, com1m48s147.

Outra surpresa do treino, foi a ausência de três campeões mundiais do Q3. Jenson Button, em 11º, Kimi Raikkonen, em 12º e Sebastian Vettel, em 13º, não tiveram boa participação e terão que correr atrás do prejuízo na largada de amanhã.

O TREINO:

Começando com bom ritmo, o Q1 teve todos os pilotos favoritos (Mercedes, Ferrari, McLaren e Williams) indo à pista e garantindo posicionamento no Top 10. Com isso, sobrou para os pequeninos da Caterham, Marussia, Lotus e Sauber dividirem as últimas posições, com a surpresa de Kobayashi, que levou uma das Caterham ao Q2. E, se já não era fácil, tudo ficou um pouco pior quando, na parte final do Q1, a chuva começou a cair em Melbourne, inclusive com atuação dos fiscais de pista para secar o circuito, já que a chuva não permaneceu. Resultado, Grosjean e Maldonado, da Lotus, Chilton e Bianchi, da Marussia, Ericsson, da Caterham e Gutierrez, da Sauber, não foram à segunda parte do treino.

Já o Q2, começou com a pista molhada e os carros difíceis de controlar. Bottas e Massa foram os primeiros a iniciarem a "secagem" da pista. No final, com o circuito um pouco mais seco, os pilotos começaram a se lançar em voltas rápidas, alternando-se na liderança. Com poucos segundos para o fim da segunda parte do treino a chuva voltou a apertar e Raikkonen rodou e bateu, com isso, os pilotos acabaram sem conseguir melhorar seus tempos, devido à bandeira amarela no circuito. Surpresa do Q2 foi o alemão Sebastian Vettel que, eliminado, larga na 13ª posição, além de ver Ricciardo ficar próximo ao topo da parcial. Além dele, outros dois campeões ficaram pelo Q2, com Button em 11º e Raikkonen em 12º. Vettel, Sutil, Kobayashi e Perez completaram os eliminados.

O Q3 começou mostrando o dominio dos motores Mercedes, que "vestiram" 8 dos 10 pilotos na parcial. Com a pista em momentos seca e nos outros com chuva mais forte, os pilotos alternaram estratégias, utilizando pneus para pista molhada e intermediários. Massa pecou por isso, escolhendo para suas últimas duas voltas o intermediário e, com a volta da chuva, o pneu não foi o bastante para tirar Felipe do nono lugar. No fim, Lewis Hamilton confirmou seu favoritismo e, na última volta, desbancou o surpreendente Ricciardo, que levava a Red Bull no primeiro lugar até o último segundo do treino. Rosberg ficou com a terceira colocação e Magnussen completou as duas primeiras filas.

CONFIRA COMO FICOU O GRID DE LARGADA PARA A ETAPA DE ABERTURA DA F-1 NA AUSTRÁLIA:

1 - Lewis Hamilton (GBR) - Mercedes - 1:44.231
2 - Daniel Ricciardo (AUS) - Red Bull Racing - 1:44.548
3 - Nico Rosberg (ALE) - Mercedes - 1:44.595 
4 - Kevin Magnussen (DIN) - McLaren - 1:45.745
5 - Fernando Alonso (ESP) - Ferrari - 1:45.819 
6 - Jean-Eric Vergne (FRA) - STR - 1:45.864
7 - Nico Hulkenberg (ALE) - Force India - 1:46.030
8 - Daniil Kvyat (RUS) - STR - 1:47.368 
9 - Felipe Massa (BRA) - Williams - 1:48.079 
10 - Valtteri Bottas (FIN) - Williams - 1:48.147
11 - Jenson Button (GBR) - McLaren - 1:44.437 
12 - Kimi Räikkönen (FIN) - Ferrari - 1:44.494 
13 - Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull Racing - 1:44.668
14 - Adrian Sutil (ALE) - Sauber - 1:45.655 
15 - Kamui Kobayashi (JAP) - Caterham - 1:45.867 
16 - Sergio Perez (MEX) - Force India - 1:47.293 
17 - Max Chilton (GBR) - Marussia - 1:34.293 
18 - Jules Bianchi (FRA) - Marussia - 1:34.794 
19 - Esteban Gutierrez (MEX) - Sauber - 1:35.117
20 - Marcus Ericsson (SUE) - Caterham - 1:35.157
21 - Romain Grosjean (FRA) - Lotus - 1:36.993
22 - Pastor Maldonado (VEN) - Lotus - Sem tempo