icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/04/2014
17:19

O Palmeiras está prestes a esvaziar seu departamento médico. Entre os jogadores de linha, só Valdivia não foi a campo para o treino físico desta terça-feira à tarde. Ele está em recuperação de torção no tornozelo direito, participou da atividade de segunda-feira, mas voltou a fazer exercícios na parte interna da Academia de Futebol.

Os outros oito que estavam lesionados fizeram as mesmas atividades dos demais. O atacante Alan Kardec, o lateral-esquerdo Juninho e o meia Bruno César sentiam dores em suas coxas esquerdas; o atacante Diogo estava com a coxa direita lesionada há quase dois meses; o volante França vinha com um incômodo na panturrilha esquerda; e o também volante Wesley estava com um trauma na bacia.

O goleiro Fernando Prass, que se recupera de uma torção no tornozelo direito, já está liberado para correr no gramado (o que ocorreu na segunda-feira), mas nesta terça fez atividades na parte interna do CT com seus colegas de posição, Bruno, Fábio e Vinícius.

Todos, incluindo Prass e Valdivia, devem ser liberados para o jogo contra o Criciúma, dia 20, na estreia do clube pelo Brasileirão, fora de casa. Pelo menos essa é a expectativa da comissão técnica.

O lateral-direito Bruno Oliveira também foi ao gramado, mas o preparador físico Fabiano Xhá avisou na semana passada que ele não deve ser liberado a tempo da estreia na competição nacional. Com constantes problemas musculares, o jogador está sendo submetido a um tratamento especial. O zagueiro Thiago Martins, jovem que passou por cirurgia no joelho no início do ano, é o outro desfalque assegurado.