icons.title signature.placeholder Walace Borges
08/04/2014
17:25

Maracanã lotado, pressão ao adversário e um time motivado para quebrar todos os prognósticos. Esse foi o Flamengo de 2013, campeão da Copa do Brasil, que deseja voltar à tona nessa quarta-feira no duelo contra o León (MEX), no Maracanã. Pelo menos foi o que garantiu o lateral-direito e capitão rubro-negro, Léo Moura, comemorando o fato de a torcida comparecer novamente.

De acordo com o camisa 2, quando a Nação está inspirada nas arquibancadas e o time motivado em campo é difícil segurar o Flamengo. Para ele esta quarta é o dia ideal para um novo pacto entre torcida e jogadores:

- A torcida vai fazer da vida deles um inferno. Não tenho dúvidas. Além de nos apoiar vai dificultar para o time deles. Apaixonada do jeito que ela é vai fazer a diferença nas arquibancadas e a gente vai fazer dentro do campo. O Flamengo vai ficando mais forte e é difícil segurar quando isso acontece.


LEIA MAIS:
> Mistério total: Jayme fecha parte de atividade no Ninho do Urubu
> STJ bate o martelo: Sport é o único campeão brasileiro de 1987



Recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda, Léo Moura garante não estar nas condições físicas ideais. Entretanto ele, que é flamenguista assumido, garante que se não der para ganhar do time mexicano na bola vai ser no coração:

- Aqui no Flamengo tem aquele ditado que quando não dá na bola vai na vontade e na raça. É assim que vai dar amanhã (quarta-feira) no Maracanã. Quando fica ruim no físico, a vontade supera tudo.

Flamengo e León (MEX) entram no gramado no Maracanã às 19h45, em jogo com transmissão em tempo real pelo LANCE!Net. Caso Bolívar e Emelec empatem, no outro jogo do Grupo 7, pode ser que o Rubro-Negro classifique até mesmo em primeiro do grupo. Entretanto, precisa vencer o jogo dele para se classificar às oitavas de final da Libertadores.