icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
15/07/2014
17:18

O Vitória desistiu do meia Bernardo, vinculado ao Vasco, mas emprestado até o fim do ano ao Palmeiras. De acordo com o regulamento da Fifa, um jogador pode ser registrado por três clubes em uma temporada, e atuar por dois. A cota já foi estourada pelo atleta, que jogou tanto no clube carioca quanto no Verdão. Ele, portanto, deve seguir na Academia de Futebol.

- Bernardo fez um jogo na Copa do Brasil pelo Vasco e atuou no Brasileiro pelo Palmeiras, a Fifa não permite isto. Então o negócio melou. É o regulamento, não tem jeito. Estávamos adiantando as conversas e não nos atentamos a este detalhe. Ainda bem que levantaram isto (risos) - disse Epifânio Carneiro, vice-presidente de futebol do Vitória, ao LANCE!Net.

O vínculo do camisa 31 com o Verdão é válido até dezembro com opção de compra - ele é jogador do Vasco por mais um ano. Contratado em maio, fez três partidas no Palmeiras sob o comando de Alberto Valentim. Ele não foi treinar na Academia nem segunda nem terça, sob a alegação de que precisava resolver problemas particulares. Bernardo ainda está em São Paulo (SP).

Embora Ricardo Gareca tenha conversado com o jogador em Atibaia (SP), o argentino não vinha utilizando o jogador e nem se opôs a sua saída. Nos últimos treinos coletivos, o filho de Hélio, atacante alviverde dos anos 80, nem figurava entre os reservas, trabalhando em outro gramado do CT, com mais encostados. Caso não fique no Verdão, o jogador pode apenas retornar ao Vasco.