icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2014
18:14

Os 19 gols marcados no ano passado fizeram Paulo Nobre desembolsar R$ 8 milhões para comprar Leandro no começo do ano, após uma longa negociação com o Grêmio. O atacante, porém, não produziu aquilo que se esperava em 2014: foram 35 partidas, apenas quatro gols, muitas críticas e agora um edema ósseo no pé esquerdo deve fazê-lo voltar apenas em 2015. A decepção do camisa 38 foi grande.

- Fico muito triste por isso ter acontecido agora, em um momento em que o Palmeiras precisa de todos para se livrar de vez do rebaixamento. Enquanto estiver fora, ficarei na torcida pelos companheiros e sei que eles vão lutar ao máximo para conseguirmos o nosso objetivo. Agora, só me resta descansar, como os médicos pediram, e o quanto antes poder voltar a treinar para ajudar - disse o jogador.

O jogador alega que vinha sentindo dores no pé, que o incomodavam, mas não o tiraram de treinos. Ele entrou no jogo contra o Santos, na derrota por 3 a 1, e teve uma atuação ruim. Ficou apenas no banco contra Cruzeiro e Corinthians, até que, em conjunto com o departamento médico do clube, decidiu passar por exames no local.

- Já tinha um tempo que esta dor às vezes me incomodava, mas dava para continuar treinando. Na semana passada, aumentou a dor e conversamos com os médicos, que decidiram fazer um exame. Infelizmente, detectaram esse edema no osso e ficarei um tempo fora. É algo incomum para mim, já que tive poucas lesões na minha carreira - acrescentou.