icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
13:15

Titular da lateral-direita do Sport desde o início da temporada, Patric não pode jogar a última partida do Leão, no domingo, por estar cumprindo suspensão. Para o seu lugar, Eduardo Baptista optou por Vítor, contratado durante a intertemporada.

O estreante fez ótima partida e se tornou mais uma opção para a lateral-direita rubro-negra. Dor de cabeça para o treinador, mas Patric afirma não se importar com a concorrência, demonstrado confiança em seu trabalho.

- Sabemos que todos do grupo tem qualidade para atuar na equipe titular. Estou feliz com minhas atuações, acredito que o Vitor também, pois entrou muito bem e todo o grupo está satisfeito com isso. Aqui temos um respeito um pelo trabalho do outro. É com essa competitividade e com esse respeito que continuaremos tendo bons resultados. Espero que siga assim até o fim do campeonato.

Segundo Patric, o bom momento vivido por Vitor é benéfico para os dois laterais, já que a disputa por posição faz os jogadores se esforçarem ainda mais.

- Além de ser bom para o grupo e para o Sport, o Vitor estar bem também é importante para mim. Todo jogador que tem o sonho de ganhar um Campeonato Brasileiro ou de chegar à uma Libertadores não pode jogar em um clube onde se tem apenas onze jogadores. A concorrência é sadia e faz o futebol de todos crescer.