icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
20/06/2014
16:10

A maciça presença de brasileiros na cidade de Orlando impressiona. Em shoppings, parques e outros centros de compra, sotaques de todos os cantos do Brasil podem ser ouvidos, e seus donos serão o principal alvo dos ousados planos do Orlando City.

Os dirigentes do clube reconhecem que os próprios norte-americanos já se apegaram aos Lions, mas entendem que os turistas e imigrantes brasileiros e de outros países latinos serão a espinha dorsal da franquia. Por isso, apostam em Kaká como grande atrativo para tal público.

- Ter uma conexão com os brasileiros será muito importante para nós. Seria uma ótima conexão com um país tão presente nesta região dos Estados Unidos - disse o presidente do Orlando City, Phil Rawling.

Conforme noticiado pelo LANCE!Net na última quinta-feira, os Lions já acertaram a contratação de Kaká e devem emprestá-lo ao São Paulo por no mínimo seis meses, antes do início da MLS. O meia, porém, não é o único alvo dos dirigentes.

- Quem sabe não podemos contar com Robinho ou outras estrelas latinas? Queremos ser o segundo time dos brasileiros e outros latinos - projetou Rawling.