icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
14:42

O Tribunal Superior de Justiça de Madri ordenou que a Real Federação de Futebol Espanhola (RFEF) devolva o terreno da "Cidade de Futebol", o centro de treinamento principal da seleção. Foi provado que o local foi adquirido em 1998 de forma ilegal. Foram dados 60 dias para a devolução.

A RFEF não tem direito a recurso. A decisão judicial prende-se com a execução de 2007, quando a situação foi provada.

Em 2008, houve uma concessão da prefeitura de Las Rozas, que ainda pode dar pano para a manga. Um político da câmara pode sofrer uma multa pelo Ministério Público, sob suspeita de desobediência à autoridade judicial e prevaricação.

De acordo com políticos da oposição do local, o terreno não poderia ser utilizado por uma entidade privada.

O Tribunal Superior de Justiça de Madri ordenou que a Real Federação de Futebol Espanhola (RFEF) devolva o terreno da "Cidade de Futebol", o centro de treinamento principal da seleção. Foi provado que o local foi adquirido em 1998 de forma ilegal. Foram dados 60 dias para a devolução.

A RFEF não tem direito a recurso. A decisão judicial prende-se com a execução de 2007, quando a situação foi provada.

Em 2008, houve uma concessão da prefeitura de Las Rozas, que ainda pode dar pano para a manga. Um político da câmara pode sofrer uma multa pelo Ministério Público, sob suspeita de desobediência à autoridade judicial e prevaricação.

De acordo com políticos da oposição do local, o terreno não poderia ser utilizado por uma entidade privada.