icons.title signature.placeholder Felipe Mendes, enviado especial*
icons.title signature.placeholder Felipe Mendes, enviado especial*
08/07/2013
06:24

Depois de um primeiro dia com uma medalha de ouro e outra de bronze, o judô não conseguiu manter o nível nesta segunda-feira, na Universíade de Kazan, na Rússia. Presente na Olimpíada de Londres-2012, Mariana Silva (-63kg) decepcionou e perdeu na primeira luta. Vinícius Panini (-81kg) caiu na segunda. E Bárbara Timo (-70kg) e Eduardo Bettoni (-90kg), após serem derrotados na chave principal, ainda tiveram uma nova chance na repescagem, mas não avançaram até a disputa do bronze.

Mariana Silva entrou na Tatneft Arena como a grande esperança de medalha no segundo dia de disputa do judô. Mas acabou superada pela alemã Claudia Ahrens. Como sua adversária foi eliminada na luta seguinte, a brasileira não foi para a repescagem.

Quem também não conseguiu a vaga na repescagem foi Vinícius Panini. Ele venceu sua primeira luta, contra Fetra Nantenaina Ratsimiziva, de Madagascar, mas acabou derrotado por Guillaume Riou. E como o francês caiu no combate seguinte, o brasileiro viu sua chance de tentar brigar pelo bronze ir embora.

Eduardo Bettoni foi outro que perdeu na primeira luta. Seu algoz foi o coreano Donghan Gwark. Como seu adversário seguiu na competição, o brasileiro foi para a repescagem. No primeiro combate, superou Islam Bozbayev, do Cazaquistão. Mas logo depois não foi páreo para Dilshod Choriev, do Uzbequistão.

Por fim, Bárbara Timo ganhou da ucraniana Maryna Andrievska. Nas quartas de final, porém, foi vencida pela coreana Ye Sul Hwang. Com sua algoz seguindo na competição, a brasileira foi para a repescagem, mas perdeu para a alemã Barbara Bandel.

* O repórter viaja a convite da CBDU

Depois de um primeiro dia com uma medalha de ouro e outra de bronze, o judô não conseguiu manter o nível nesta segunda-feira, na Universíade de Kazan, na Rússia. Presente na Olimpíada de Londres-2012, Mariana Silva (-63kg) decepcionou e perdeu na primeira luta. Vinícius Panini (-81kg) caiu na segunda. E Bárbara Timo (-70kg) e Eduardo Bettoni (-90kg), após serem derrotados na chave principal, ainda tiveram uma nova chance na repescagem, mas não avançaram até a disputa do bronze.

Mariana Silva entrou na Tatneft Arena como a grande esperança de medalha no segundo dia de disputa do judô. Mas acabou superada pela alemã Claudia Ahrens. Como sua adversária foi eliminada na luta seguinte, a brasileira não foi para a repescagem.

Quem também não conseguiu a vaga na repescagem foi Vinícius Panini. Ele venceu sua primeira luta, contra Fetra Nantenaina Ratsimiziva, de Madagascar, mas acabou derrotado por Guillaume Riou. E como o francês caiu no combate seguinte, o brasileiro viu sua chance de tentar brigar pelo bronze ir embora.

Eduardo Bettoni foi outro que perdeu na primeira luta. Seu algoz foi o coreano Donghan Gwark. Como seu adversário seguiu na competição, o brasileiro foi para a repescagem. No primeiro combate, superou Islam Bozbayev, do Cazaquistão. Mas logo depois não foi páreo para Dilshod Choriev, do Uzbequistão.

Por fim, Bárbara Timo ganhou da ucraniana Maryna Andrievska. Nas quartas de final, porém, foi vencida pela coreana Ye Sul Hwang. Com sua algoz seguindo na competição, a brasileira foi para a repescagem, mas perdeu para a alemã Barbara Bandel.

* O repórter viaja a convite da CBDU