icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/12/2013
17:19

O Internacional ainda não tem permanência na Série A garantida para 2014. A situação incômoda faz os jogadores perderem o sono, como revelou o zagueiro Índio. Contratado no meio da temporada, o atacante Jorge Henrique admite que os jogadores estão preocupados com as possibilidades. O jogador negou qualquer tipo de arrependimento por escolher o clube gaúcho como destino.

- Estou muito feliz por estar no Inter. A situação que a gente está vivendo é complicada, temos consciência disso. Mas o grupo é experiente e tenho certeza que no próximo ano vamos ter alegrias. Nenhum jogador imaginava essa situação, com o risco de cair. Mas com ajuda do torcedor nós vamos conseguir - destacou o atacante.

Na última rodada do Brasileirão, o Inter precisa pontuar na partida contra a Ponte Preta, no domingo, no Centenário, para escapar de vez da possibilidade de ser rebaixado. A Macaca está envolvida na final da Copa Sul-Americana - empatou a primeira partida com o Lanús em 1 a 1 no Moisés Lucarelli. Por isso, um time alternativo é esperado. Algo que não garante facilidade aos colorados.

- A possibilidade de rebaixamento existe. Cada jogo estava procurando vencer, somar três pontos para não ter chance nenhuma do risco de rebaixamento e não conseguimos. Agora, resta só uma rodada, temos que vencer, não adianta pensar em empate. Apesar da equipe adversária poder vir com time misto, é mais preocupante, vão querer mostrar trabalho. Temos que estar atentos, é o último jogo do campeonato e não podemos errar - destacou Jorge Henrique.

A "insônia" do elenco tem raízes justamente no momento ruim da equipe. Os jogadores estão sentindo a possibilidade de queda, que seria a primeira na história colorada. Estão acompanhando atentamente os rivais diretos.

- É complicado, você fica pensando nos jogos. Fica olhando a tabela sabendo do risco de cair. Jogador que está interessado, que vive o clube, leva para fora. Tenho certeza que tem gente perdendo noites de sono aí.