icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2014
12:50

As fotos e o vídeo divulgados do treino de Anderson Silva e Jon Jones na academia do UFC, em Las Vegas, fizeram a curiosidade de muitos fãs que querem ver o confronto acontecer voltar à tona. Porém, segundo Jones, essa ideia pode ser esquecida pelos torcedores. O atual campeão meio-pesado do UFC não quer de jeito nenhum subir no octógono com Spider. Isso tudo por respeito.

Em entrevista a membros da imprensa em Las Vegas, Jones explicou o motivo de não visualizar um duelo com Anderson no futuro. Segundo o americano, Spider está na sua lista de ídolos no mundo dos esportes.

- Eu jamais gostaria de lutar com Anderson. Nunca. Jamais. Eu simplesmente o tenho como referência. Eu não tenho muitas pessoas pelas quais me identifiquei na minha vida e pensei: "Wow. Como seria legal ser esse cara".‘ Vejo o que ele fez. (Michael) Jordan, LeBron (James), Anderson (Silva), Kobe (Bryant), eu considero todos eles da mesma classe. Atletas desse calibre não surgem com a mesma facilidade. Não quero ser o cara a batê-lo, mesmo sabendo que isso já aconteceu. Eu não gostaria de perder para ele e não gostaria de vencê-lo - resumiu o americano, em trecho reproduzido pelo site MMA Fighting.

Jones ainda avaliou a possibilidade de dar continuidade à ideia de fazer superlutas sem Spider como opção. O americano acredita que após enfrentar Daniel Cormier e o vencedor de Alexander Gustafsson x Anthony Johnson terá "limpado" a divisão e será a hora de subir de categoria.

- Depois dessas lutas, eu consideraria a divisão limpa e aí sim eu consideraria a ideia de fazer superlutas. Tenho treinado com pesos pesados há anos. Sei como é e acho que me sairia muito bem contra eles. Esse seria o próximo capítulo - finalizou.

Tanto Anderson Silva quanto Jon Jones estão com compromissos marcados na organização. O americano defende o título meio-pesado contra Daniel Cormier, dia 3 de janeiro, em Las Vegas, pelo UFC 182. Já o brasileiro, retorna ao octógono no dia 31 de janeiro, também em Las Vegas, pelo UFC 183, em desafio contra Nick Diaz.