icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/07/2014
10:00

O canto "O Vasco é o time da virada", entoado pelos torcedores na arquibancada, pode muito bem ser usado no jogo de hoje, contra a Ponte Preta, às 22h, no Moisés Lucarelli, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, com transmissão em tempo real do LANCE!Net . Mas, dessa vez, não no sentido de virar determinado jogo. O desejo vai um pouco além.

Basicamente, é dividido em dois pontos cruciais. O primeiro é que o Cruz-Maltino tem de "virar a página" da Série B, na qual faz uma campanha bem aquém do esperado, para se dedicar à Copa do Brasil, competição em que tem o objetivo de chegar na decisão. Já o segundo é mudar um retrospecto bastante negativo quando enfrenta a Macaca em Campinas. Em 16 jogos, foram duas vitórias, nove empates e cinco derrotas.

Este também vai ser o primeiro de três jogos consecutivos contra a Ponte, sendo dois pela Copa do Brasil e um pela Série B. O meia Douglas entende que as três partidas estão no mesmo nível de importância e ressalta o objetivo de conseguir avançar o quanto conseguir nos torneios.

- Sabemos dos objetivos do clube e da importância da Copa do Brasil para o grupo. Queremos chegar à final da competição e estamos conscientes de que podemos fazer isso. Vamos continuar sabendo dividir isso, e quarta-feira não será diferente - comentou o meio-campista.

O técnico Adilson Batista admite que esperava realizar uma campanha melhor na Série B, mas faz questão de citar a força que uma vitória hoje à noite pode dar no Brasileiro. Neste caso, no aspecto emocional.

- O pensamento deles é igual ao nosso. Pela grandeza, pretendíamos estar em uma situação melhor. Por isso, queremos uma reação logo. É evidente que precisamos vencer, mesmo sendo outra competição. A nossa intenção é vencer a Ponte amanhã (hoje) e reagir na Série B - disse o técnico cruz-maltino.

De todo modo, o que Vasco precisa é vencer. Portanto, que comece pelo primeiro destes três "rounds".