icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
27/11/2014
17:19

Campeões pela primeira vez da Copa do Brasil na última quarta-feira, tanto Leonardo Silva, capitão do Galo, quanto o goleiro Victor exaltaram o importante papel desenvolvido por Levir Culpi. Segundo os jogadores, o treinador foi o responsável por tirar o Atlético-MG da zona de conforto depois da conquista da Libertadores em 2013.

- Foi uma série de fatores (para o título), um planejamento da diretoria para manter a maioria do grupo e trazer jogadores pontuais. Teve a chegada do Levir, que tirou cada jogador da sua zona de conforto para se produzir mais ainda, para que o Atlético-MG pudesse almejar mais conquistas e com certeza, o uso das categorias de base foi fundamental para que a gente pudesse ter jogadores para momento oportunos e necessários no Brasileiro, quando fizemos esse planejamento para conciliar duas competições - destacou Leonardo ao programa Arena Sportv.

- A gente vinha de uma conquista de Libertadores e isso nos deixou, de certa forma, em uma situação cômoda, sem apetite para uma sequência. Levir assim que chegou procurou mexer um pouquinho com alguns jogadores, como com Ronaldo (Ronaldinho Gaúcho) e Tardelli, que teve um início um pouco difícil com Levir, e acabou tirando esses jogadores da zona de conforto. Depois, eles entenderam a importância de querer mais: mérito do Levir de não deixar que essa acomodação deixasse tomar conta. Desde então nossa equipe evoluiu demais, soube se superar e passar pelas dificuldades - completou, depois, Victor.

Com o gol do título, marcado no Mineirão, Diego Tardelli igualou as marcas de Nilson, Paulo Isidoro, Guilherme e Lauro. Todos já marcaram nove gols diante do rival Cruzeiro.