icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/04/2014
23:51

Os jogadores dos considerados grandes, falaram a mesma língua na festa de premiação do Paulistão e entoaram o mesmo coro nas entrevistas. Todos eles reclamaram do regulamento do campeonato e da falta de vantagem na fase final.

- É um absurdo falar que tinha vantagem quem tinha a melhor pontuação. Não tinha vantagem nenhuma, não jogamos na nossa casa. Em todos os estaduais tinha vantagem, o Cruzeiro foi campeão com dois resultados iguais, só em São Paulo que é diferente - falou o incomodado volante Arouca.

O goleiro Fernando Prass, foi um dos que também bateram na mesma tecla.

- Teriam que ter dois jogos e benefícios -, enfatizou o arqueiro do Palmeiras.

Alvo de reclamações dos atletas, o regulamento será mantido para o ano de 2015.