icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2013
19:33

Ao entrarem para cantar o hino nacional, os jogadores do Atlético-MG apresentavam uma novidade nas mãos: pacotes de camisas. E, após o hino, os atletas foram até as proximidades das cadeiras do Independência para distribuirem uma camisa para a torcida no Independência.

- Eu acredito em Nossa Senhora. Campeão da Libertadores - dizia os escitos pretos da camisa branca.

O Atlético enfrenta o xará Atlético-PR na noite desta quarta-feira, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, e o Independência deve receber um público incomum para os compromissos do Galo em casa.

Antes do jogo, também, Bernard foi homenageado pela diretoria. O atleta, que está perto do adeus ao clube, recebeu uma placa lembrando que fará o 100º jogo pelo clube que o profissionalizou.

Ao entrarem para cantar o hino nacional, os jogadores do Atlético-MG apresentavam uma novidade nas mãos: pacotes de camisas. E, após o hino, os atletas foram até as proximidades das cadeiras do Independência para distribuirem uma camisa para a torcida no Independência.

- Eu acredito em Nossa Senhora. Campeão da Libertadores - dizia os escitos pretos da camisa branca.

O Atlético enfrenta o xará Atlético-PR na noite desta quarta-feira, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, e o Independência deve receber um público incomum para os compromissos do Galo em casa.

Antes do jogo, também, Bernard foi homenageado pela diretoria. O atleta, que está perto do adeus ao clube, recebeu uma placa lembrando que fará o 100º jogo pelo clube que o profissionalizou.