icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/11/2013
22:48

Na saída do campo do Canindé, o entrosamento e a falta do ritmo de jogo foram os dois motivos principais citados pelos jogadores do Atlético para justificar a derrota por 2 a 0 diante da Portuguesa, neste domingo.

- Temos que voltar a trabalhar durante a semana para pegar o Goiás e conseguir a vitória. Faltou entrosamento, temos muito gente machucada, o desentrosamento pesou bastante - limitou-se a dizer o volante Lucas Cândido.

Para Tardelli, a noite ruim da equipe, somada à situação desesperadora do adversário, colaboraram para mais um desempenho ruim do Galo atuando como visitante.

- Todo jogo vamos pegar adversários que vão vir pra cima com força. A equipe da Portuguesa é assim e não merece cair - falou.

E MAIS
> Atlético-MG perde jogo e Réver contra a Portuguesa, no Canindé
> Médico diz que exame inicial não aponta fratura em Réver

Fernandinho também citou os recentes desfalques, como Guilherme, Josué e Pierre, para justificar a falta de entrosamento dentro de campo.

- Tivemos bastante desfalques, a equipe sente, é normal, estamos acostumados a jogar com uma equipe, outros jogadores também estão sem ritmo. Mas quem entrou procurou dar o máximo. Não deu, os caras correram muito, era o jogo da vida deles. Infelizmente, não conseguimos vencer.