icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/03/2014
09:01

O péssimo estado do gramado do Estádio Rumiñahui, palco da derrota do Botafogo para o Independiente del Valle (EQU), foi motivo de muita reclamação por parte dos jogadores do Alvinegro. No entanto, para o goleiro Jefferson, o Glorioso precisa superar complicações do gênero para ir longe na Libertadores.

- As condições eram ruins, mas temos que dançar conforme a música. Entramos no campo já sabendo que era quase uma areia movediça. No aquecimento, já deu para ver, era barro puro. Conversamos e dissemos que no toque de bola não daria, teríamos que ir para o duelo com eles. Se queremos ser campeões, temos que passar por cima disso e do árbitro também, que para mim foi infeliz e desleal em alguns lances - comentou o camisa 1, referindo-se às expulsões de Bolívar e Edilson, no segundo tempo da partida, que terminou em 2 a 1 para os equatorianos.

Na próxima terça-feira, Botafogo e Independiente voltam a se enfrentar. Desta vez, o gramado não deve ser problema, já que o jogo será realizado no Maracanã.