icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
12/12/2013
10:44

Vindo do extinto Strikeforce, Ronaldo Jacaré chegou ao Ultimate com moral. Em duas lutas no evento, o brasileiro atropelou dois oponentes - um por finalização e outro por nocaute - e alcançou rapidamente a posição de terceiro colocado no ranking oficial da categoria dos médios, ficando atrás apenas de Vitor Belfort e Anderson Silva na divisão.

Durante um evento promocional do UFC Fight Night no Combate: Machida x Mousasi, que acontece no dia 15 de fevereiro, em Jaraguá do Sul, Jacaré comentou a situação da categoria, a chegada do amigo Lyoto nos médios e seu sentimento diante de uma divisão tão disputada.  

Ao ser perguntado pela reportagem se temia por uma "furada de fila" de Lyoto Machida ou Gegard Mousasi, que se enfrentarão na luta principal do show onde encara Francis Carmount, Ronaldo afirmou que já espera que tal situação aconteça.

- Estou seguro com a minha posição na categoria. Se tiver uma furada de fila do Lyoto, ele merece. É um cara que já foi campeão da divisão de cima, já fez sua história no UFC. Tenho de me colocar no meu lugar. Ele realmente merece. Já lutou com o campeão Jon Jones, fez grandes lutas, defendeu cinturão... Ele merece. Se ele furar a fila... Já estou até esperando que isso aconteça. Mas estou lutando, meu objetivo é lutar. Se eu ficar parado que é complicado para mim - avaliou o atleta, durante o evento ocorrido no Rio de Janeiro.

Vale lembrar que, após o nocaute conquistado contra Yushin Okami em Belo Horizonte, a equipe de Jacaré cogitou a hipótese do lutador se apresentar na categoria dos meio-pesados. Mantido na divisão dos médios, o atleta acredita que ainda tem muito trabalho no peso até 84 kg antes de pensar em novos desafios na organização. 

- Ainda não provei p... nenhuma na minha categoria. Não provei nada ainda. Não posso lutar nos meio-pesados sendo que ainda não provei nada aqui nos médios. Será a minha terceira luta no UFC, vou pegar um adversário duríssimo, vai ser difícil para mim... Subir para os meio-pesados, só depois de algumas lutas - analisou.

Apesar de amigos, Lyoto e Jacaré podem se enfrentar no futuro (FOTO: Wander Roberto/UFC)

Confira um bate-papo com Ronaldo Jacaré
Você acha que haverá um pequeno torneio nas lutas principais do UFC de Jaraguá do Sul?
Acredito que sim. O Lyoto já foi o campeão na divisão de cima, agora desceu e já venceu depois de um belo nocaute... Ele vai enfrentar o Mousasi, que foi campeão do DREAM. Vou fazer uma luta bastante dura, contra um adversário que tem cinco ou seis vitórias consecutivas no UFC. Essas lutas tem tudo para serem aquelas que vão definir o próximo a disputar o título dos médios. 

Qual sua opinião sobre o Francis Carmount?
Ele é um adversário completo. Ele vem da parte em pé. Nas últimas lutas, ele botou para baixo e conseguiu fazer um grande trabalho de wrestling e jiu-jitsu. É um adversário comlicado de se fazer uma estratégia. É um bom adversário para mim, que vem de vitórias consecutivas. Acho que ele vai explorar mais a parte em pé, achando que é melhor do que eu. Estarei pronto em pé ou no chão.

Você prefere enfrentar o Lyoto ou o Mousasi se passar pelo Carmount?
Quero enfrentar quem vencer. Sempre quem vencer. Não goato de pegar quem perde. Não vou torcer para ninguém. Vou esperar o melhor vencer. Não fico incomodado de talvez enfrentar amigos. Eu prefiro não, mas se tiver, será normal. Vou trabalhar, entrar alegre, fazendo a minha "boca do jacaré", vou chegar lá, meter a porrada e tirar férias com a minha família. 

Ronaldo Souza se apresentará em Jaraguá do Sul, em fevereiro (FOTO: Wander Roberto/UFC)

Como você vê o momento da categoria dos médios?
Tenho estilo para ganhar de qualquer adversário. A categoria está agradando o público. Muitos ainda não estão acreditando no meu potencial, mas eu gosto assim. Tenho muito a provar ainda. Estou chegando agora, estou pronto para qualquer desafio. Tenho potencial para chegar no topo e abocanhar essa chance pelo título.