icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
14/03/2014
08:03

O Internacional vai postular fazer um grande teste no Beira-Rio no próximo dia 23. O clube gaúcho já consultou os Bombeiros e quer jogar as quartas de final do Campeonato Gaúcho para um público entre 20 e 30 mil pessoas no Beira-Rio. O primeiro contato com as autoridades já foi feito, mas as vistorias ainda não tem data marcada.

Depois de atuar no estádio nas vitórias sobre o Caxias e o Brasil de Pelotas, o Inter tenta fazer o terceiro evento-teste em sua casa. A ideia é utilizar 18 mil lugares no anel inferior e outros 12 mil torcedores no espaço superior do Beira-Rio, ainda não utilizado - a parte que o Colorado irá postular para ser aberta é a da avenida Padre Cacique.

- Vamos jogar no Beira-Rio no dia 23. Já fizemos um contato com os Bombeiros, ainda não tem nenhuma vistoria marcada. Mas queremos, no melhor que vamos propor, ter 30 mil torcedores - disse o vice de administração José Amarante.

A situação se torna necessária para que haja um teste mais forte de operação do Beira-Rio antes dos eventos de reinauguração do estádio, que acontecem dia 5 de abril - com uma festa - e dia 6, com o amistoso com o Peñarol. Os públicos dos dois eventos estão previstos para atingir a carga dos 40 mil torcedores. E o Inter só abriu o Beira-Rio para 10 mil pessoas até o momento.

A ideia de abrir o estádio também é para que se mostre que as obras estão andando e que o Beira-Rio está "acabado". O prazo anterior para entrega do estádio pela Andrade Gutierrez era dia 28 de fevereiro, estipulado pela Fifa. Algo que não aconteceu. Além disso, há impasses, como a pavimentação do entorno e a questão sobre quem vai pagar a conta das estruturas temporárias para a Copa do Mundo.

O Beira-Rio irá sediar cinco partidas da competição, com jogos entre Argentina e Nigéria, França e Honduras, Austrália e Holanda, Argélia e Coreia do Sul e um jogo de oitavas de final.