icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2013
10:17

Mais do que mais um duelo pelo Campeonato Brasileiro, o jogo deste domingo, contra o Internacional, marca um reencontro do técnico Mano Menezes com o Estádio Centenário, local que foi a casa dele entre 2004 e 2005 e o credenciou para se transformar no Mano Menezes que anos mais tarde assumiria o comando da Seleção Brasileira. O confronto será às 16h, e terá transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.

Mano Menezes foi treinador do Caxias – ao qual o Estádio Centenário pertence – há nove anos e o bom trabalho realizado no clube – também somado à boa passagem pelo gaúcho XV de Novembro – fez com que a diretoria do Grêmio acreditasse nele para um missão complicada: fazer o Tricolor gaúcho voltar à elite do futebol.

O treinador aceitou o desafio e não decepcionou. A partir daí, teve passagens por Grêmio, Corinthians e Seleção até assumir o Flamengo, há aproximadamente um mês.

No Caxias, o retrospecto de Mano foi positivo. Em 48 partidas à frente da equipe da serra gaúcha, foram 27 vitórias. Em seu trabalho, obteve 63,8% de aproveitamento. Não chegou a conquistar títulos, mas ganhou destaque no Rio Grande do Sul e chamou a atenção pela sequência de trabalhos elogiáveis.

Mano, por sua vez, fez o dever de casa e estudou bastante o adversário deste domingo para que seus jogadores possam suprir qualquer dificuldade e ele possa, à beira do gramado, ver mais uma vitória no Centenário, como era rotina outrora:

– Conhecemos bem as características do adversário. Trabalhamos isso. Vamos dar as condições para que os jogadores possam fazer o melhor.

Mais do que mais um duelo pelo Campeonato Brasileiro, o jogo deste domingo, contra o Internacional, marca um reencontro do técnico Mano Menezes com o Estádio Centenário, local que foi a casa dele entre 2004 e 2005 e o credenciou para se transformar no Mano Menezes que anos mais tarde assumiria o comando da Seleção Brasileira. O confronto será às 16h, e terá transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.

Mano Menezes foi treinador do Caxias – ao qual o Estádio Centenário pertence – há nove anos e o bom trabalho realizado no clube – também somado à boa passagem pelo gaúcho XV de Novembro – fez com que a diretoria do Grêmio acreditasse nele para um missão complicada: fazer o Tricolor gaúcho voltar à elite do futebol.

O treinador aceitou o desafio e não decepcionou. A partir daí, teve passagens por Grêmio, Corinthians e Seleção até assumir o Flamengo, há aproximadamente um mês.

No Caxias, o retrospecto de Mano foi positivo. Em 48 partidas à frente da equipe da serra gaúcha, foram 27 vitórias. Em seu trabalho, obteve 63,8% de aproveitamento. Não chegou a conquistar títulos, mas ganhou destaque no Rio Grande do Sul e chamou a atenção pela sequência de trabalhos elogiáveis.

Mano, por sua vez, fez o dever de casa e estudou bastante o adversário deste domingo para que seus jogadores possam suprir qualquer dificuldade e ele possa, à beira do gramado, ver mais uma vitória no Centenário, como era rotina outrora:

– Conhecemos bem as características do adversário. Trabalhamos isso. Vamos dar as condições para que os jogadores possam fazer o melhor.