icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/11/2013
16:02

O duelo das 21h deste sábado marcará a despedida do técnico Tite da torcida do Corinthians. O treinador, que não permanecerá no próximo ano, fará sua última partida no Pacaembu contra o Internacional. Os gaúchos esperam um rival muito motivado justamente pelo ambiente festivo dos torcedores paulistas.

- Motivado, vai acontecer. Pela história do Tite nos três anos no Corinthians, porque merece também. A motivação de se despedir bem. E precisamos ter a motivação também. Passamos por situação mais difícil que a deles no Brasileiro. O estádio estar cheio só dá mais motivação para a gente jogar. Vai ser um jogo difícil - projetou o zagueiro Juan.

O Inter precisa vencer para espantar de vez a zona de rebaixamento no final do Brasileirão. A ideia era ter feito isso contra o Coritiba, mas o empate mantém chances, ainda que mínimas, de rebaixamento. O goleiro Muriel concorda com o companheiro de defesa e crê que o Timão entra focado na partida.

- Festa fica fora do jogo. Lá dentro de campo são 11 contra 11. Duas equipes muito fortes. Será um grande jogo. Fizemos contra o Coritiba um bom jogo. Vamos tentar colocar em prática o que fizemos de bom. A festa fica para a torcida. Dentro de campo o time deles fica focado para o grande jogo - disse Muriel.

O Colorado está encaminhado para o duelo com a presença de Willians no meio-campo, mesmo que o volante tenha treinado um dia entre os reservas. Nesta quinta, voltou a ser titular. D'Alessandro treinou normalmente após dois dias de preservação e vai para o jogo. O técnico Clemer deve mandar ao campo uma equipe com Muriel; Ednei, Índio, Juan e Fabrício; Willians, Josimar, Jorge Henrique, D'Alessandro e Otávio; Leandro Damião.