icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
19/03/2014
08:09

Com todo o processo de reformulação do Beira-Rio, o Internacional tenta colocar em prática outras ideias para melhorar o acesso ao estádio e trazer público de turistas. Uma delas é a instalação de um píer na divisa do terreno do Inter com o da prefeitura, na beira do Guaíba, para que torcedores possam chegar pelo lago ao estádio e para que o ponto sirva como parada para captação de turistas para a casa colorada. Uma reunião na última semana debateu o assunto.

O Beira-Rio por si só será uma atração turística, já que está localizado próximo da orla do Guaíba. O presidente Giovanni Luigi afirmou que tem como ideia colocar uma estação do catamarã que já serve como transporte fluvial na cidade em frente ao estádio.

Assim, o Beira-Rio poderia receber público pela água em dias de jogos. Veículos com os motivos do clube gaúcho também ficariam no local, para pegar torcedores que quisessem fazer uma visita ao tour do estádio ou dar uma volta simplesmente para observá-lo de fora.

A ideia é algo que está sendo trabalhado por Luigi em reuniões com a prefeitura. O mandatário afirmou que teve alguns encontros com o poder público para tentar viabilizar a situação para o futuro. Uma delas aconteceu há cerca de dez dias. Mas não há maiores definições. Por exemplo, ainda não se tem confirmação de quem bancaria os custos de construção do píer.

- Queremos que o catamarã tenha uma parada em frente ao Beira-Rio, ao final do nosso terreno e início do da prefeitura. Tive alguns encontros para tratar sobre o assunto, é algo que venho trabalhando há dois anos - disse Luigi durante o treino do Inter desta terça-feira.

Atualmente, Porto Alegre conta com uma linha do catamarã que liga o centro de Porto Alegre a Guaíba, na região metropolitana. Outra estação, já construída mais ainda não em operação, será em frente ao Barra Shopping Sul, próximo do Beira-Rio. A ideia é criar um fluxo de movimentação pelo rio na Zona Sul de Porto Alegre.