icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/07/2014
08:02

Renan sonha alto. Se espelha em Jefferson para traçar metas parecidas às do companheiro de time: ser titular de um clube grande como o Botafogo e chegar à Seleção Brasileira. E disposto a jogar mais nesta temporada, o goleiro, sincero, não descarta nem mesmo respirar novos ares.

– Tenho o sonho de chegar na Seleção Brasileira, numa Copa do Mundo, e o sonho de jogar. Se não for pelo Botafogo, pode ser em outro lugar. Nunca escondi isso de ninguém. Quero melhorar, quero evoluir e quero jogar. Mas sei que tudo tem seu tempo. Nunca escondi que gostaria de sair, se aparecer uma oportunidade boa. Aparecendo e o Botafogo concordando, pode acontecer – disse ele.

Renan é cria da base do Botafogo e sempre foi visto como uma das joias do clube. Tanto que desde muito jovem começou a figurar entre os profissionais. Mas é difícil jogar com um goleiro de Seleção no clube. Ele é reserva de Jefferson há três anos:

– Quero crescer, evoluir e jogar. Respeito muito o Jefferson. Se não for pelo Botafogo, que eu possa, com a concordância da diretoria, seguir a minha vida. Mas claro que para uma coisa boa e certa, que o Botafogo possa ganhar com isso no futuro.

No começo deste ano, Renan recebeu propostas para sair e, em certo momento, a diretoria até concordou em liberá-lo por empréstimo. Mas, na época, o goleiro não manifestou desejo de deixar o clube.

Renan ganhou algumas chances durante o Carioca deste ano, quando o então técnico Eduardo Hungaro escalou reservas, mas ele falhou seguidamente e perdeu espaço. Não demorou, porém, para ele dar a volta por cima. Agora, tenta retomar o caminho de uma carreira promissora.