icons.title signature.placeholder Craque do Futuro
07/12/2013
17:33

O Guarani apresentou, nesta quinta-feira, o lateral-esquerdo Jefferson. Indicado por Márcio Fernandes, o jogador, de 25 anos, trabalhou com o técnico no Red Bull Brasil-SP e Brasilense. O defensor tem contrato com o Alviverde até o fim de maio de 2014 e, em entrevista ao site oficial do clube, prometeu esforço para se manter entre os titulares e ressaltou a concorrência com o jovem lateral Murilo.

- O Márcio sempre confiou no meu trabalho e a partir das duas experiências com ele conquistei sua confiança. A presença dele aqui pesou na minha decisão, mas tenho que mostrar novamente minhas qualidades para conquistar o meu espaço. Vou entrar na briga por uma vaga como todos os outros. Darei o meu máximo para estar entre os 11 titulares, mas quem o professor Márcio escolher vai dar conta do recado, tenho certeza. Se escolher o Murilo (lateral da categoria de base), por exemplo, vou torcer para que ele ajude o Guarani – afirmou o lateral.

Para se consagrar de vez no time titular, Jefferson declarou que tem mais apdidões ofensivas, mas reforçou a ajuda no setor defensivo.

-Sou um lateral mais ofensivo, mas que sempre ajuda na marcação e briga muito dentro de campo. Também gosto muito de treinar bola parada.

Em 2011, quando atuava pelo Red Bull Brasil, Jefferson enfrentou o time campineiro em duas oportunidades: uma derrota por 2 a 1 e um empate em 3 a 3. Ele agradeceu ao ex-clube que lhe deu projeção na carreira, mas afirmou estar totalmente focado no Bugre.

- O Red Bull foi uma equipe que me ajudou bastante, e naquele ano foram dois jogos muito difíceis com o Guarani. Agora que estou aqui no Guarani, vou fazer de tudo para conquistarmos o acesso.

Perguntado sobre qual a diferença entre o Campeonato Brasiliense e o Paulista, o lateral disse que o paulista é mais tradicional e competitivo.

- O futebol candango é completamente inferior ao futebol paulista. Lá não existem muitos clubes de tradição. Aqui, por exemplo, temos clubes grandes e entre eles está o Guarani. No futebol candango, os únicos conhecidos são o Brasiliense e o Gama.