icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2013
10:45

O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, confirmou que o GP da Índia deixará o calendário da categoria na próxima temporada. No entanto, o circuito retorna em 2015, estrelando entre os circuitos do começo do ano, como Austrália, Malásia, China e Bahrein. Com a volta da Áustria e a estreia da Rússia, existe uma grande possibilidade de que o retorno da Índia não seja confirmado.

- Quando assinamos o contrato de cinco anos com Jaypee (grupo promotor do evento), queríamos que a prova fosse realizada na primeira metade da temporada, mas eles queriam que fosse em outubro. Na época nós cedemos, mas agora teremos a corrida no começo de 2015 - disse Ecclestone.

Neste ano, a prova será realizada no dia 27 de outubro e é a terceira vez no calendário da Fórmula 1. Nas duas últimas edições o vencedor foi o alemão Sebastian Vettel.

O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, confirmou que o GP da Índia deixará o calendário da categoria na próxima temporada. No entanto, o circuito retorna em 2015, estrelando entre os circuitos do começo do ano, como Austrália, Malásia, China e Bahrein. Com a volta da Áustria e a estreia da Rússia, existe uma grande possibilidade de que o retorno da Índia não seja confirmado.

- Quando assinamos o contrato de cinco anos com Jaypee (grupo promotor do evento), queríamos que a prova fosse realizada na primeira metade da temporada, mas eles queriam que fosse em outubro. Na época nós cedemos, mas agora teremos a corrida no começo de 2015 - disse Ecclestone.

Neste ano, a prova será realizada no dia 27 de outubro e é a terceira vez no calendário da Fórmula 1. Nas duas últimas edições o vencedor foi o alemão Sebastian Vettel.