icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
16:59

Apontados por muito como o maior jogador da Nigéria, Jay-Jay Okocha disse saber quem foi o culpado pelo empate em 0 a 0 contra o Irã, na primeira rodada da Copa do Mundo, na última segunda-feira. Para o atacante, que disputou das Copas do Mundo de 1994, 1998 e 2002 por seu país, a fraca atuação da seleção africana pode ser creditada ao seu treinador, Stephen Keshi.

- Nós não fizemos o suficiente em termos de estratégia de jogo. Nosso jogo tático foi ruim. Eu culpo Keshi por isso, ele não trabalhou o suficiente a sua equipe - afirmou Okocha.

Campeão olímpico em 1996, Okocha disse que considerava a vitória na partida de estreia como essencial, mas acredita que o time vai evoluir nas próximas rodadas.

- Esse era um jogo que a Nigéria tinha que fazer os três pontos, mas não fizemos. Nós não criamos muito mas esperamos melhorar durante o andamento da competição - finalizou o craque.

Na segunda rodada do Grupo F, a Nigéria enfrenta a Bósnia, no dia 21, às 19h, em Cuiabá. Já Argentina e Irã se enfrentam em Belo Horizonte, também no dia 21, às 13h. A Argentina lidera o grupo com três pontos, Irã e Nigéria estão empatadas com um ponto e a Bósnia amarga o quarto lugar, sem nenhum ponto conquistado.