icons.title signature.placeholder Alexandre Braz
10/03/2014
13:41

O técnico do Botafogo, Eduardo Hungaro, reconheceu nesta segunda-feira, que o atraso de um mês no pagamento dos jogadores, preocupa. A declaração foi dada no início da tarde em entrevista coletiva, no Engenhão. Entretanto, o treinador garantiu ter plena confiança de que o grupo de jogadores, assim como no ano passado, saberá lidar com a situação e o problema não irá afetar o trabalho no dia a dia.

- É uma situação que preocupa. Existe a promessa de se resolver entre hoje (segunda-feira) e amanhã (terça-feira). Preocupa, mas o grupo mostrou um profissionalismo absurdo ano passado. Tenho dentro do vestiário um grupo homens de verdade. Eles souberam suportar bem no ano passado. Neste ponto, não posso falar nada. É preocupante, pois todos que trabalhamos devemos receber nossos vencimentos - disse o treinador.

O Botafogo deve um mês de salários aos seus jogadores, referente a janeiro. Na semana passada, havia sido prometido aos jogadores que o pagamento seria feito na última sexta-feira. No entanto, como não conseguiu cumprir com o combinado, a diretoria conversou novamente com os jogadores e o pagamento foi prometido para esta segunda.

No ano passado, principalmente, depois do fechamento do Engenhão, em março, a diretoria teve muitas dificultades para quitar os salários dos jogadores. Neste ano, o novo atraso, tem gerado a insatisfação de alguns jogadores.