icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
04/03/2014
02:21

"Final de um jogo só". Foi assim que Zico, momentos antes de entrar na avenida, definiu o desfile da Imperatriz Leopoldinense, que teve o Galinho de Quintino (torcedor fanático da beija-Flor) como enredo. Quis o destino, inclusive, que a passagem da escola pela Sapucaí não tenha acontecido justamente no dia que o ex-camisa 10 do Flamengo completava 61 anos. Poucas horas antes, o dia virava, mas a festa não tinha hora para terminar.

Emocionado, Zico entrou no camarim e reviveu o tempo em que adentrava o vestiário para colocar calções e chuteiras para defender o Flamengo em mais um jogo decisivo. A emoção, porém, muito tinha a ver também com os rubro-negros presentes à Sapucaí - e não eram poucos. Eternamente gratos ao Galinho, o "parabéns para você ecoou" na arquibancada e ganhou as batidas da bateria, acelerando o ritmo e animação, não só das pernas dos presentes.

- Emociona. Já me arrepiei quando passei e ouvi a torcida cantando parabéns. Coração começou a acelerar - disse, já devidamente uniformizado com a fantasia de Rei.

Zico faz questão de dispensar qualquer menção à data do seu aniversário (3 de março) ao Natal, como os rubro-negros gostam de dizer. Simples, lembra que aquele menino de Quintnino jamais imaginou um dia ser o enredo de uma grande Escola de Samba:

- Naquela época era só Carnaval, não era samba. Em Quintino tinha os grandes ranchos, eram os decididos e os aliados, depois vieram as sociedades. Agora é diferente.

Como qualquer um que encara uma novidade, Zico não escondeu o nervosismo. Acostumado a estádios lotados e a defender grandes camisas, como Flamengo e Seleção Brasileira, afirmou sentir o peso nos ombros, mas garantiu que se sairia bem.

- Está pesada (risos). O manto da Imperatriz está pesado, mas fiz uma musculação e segurei legal para passar bem na avenida - salientou.

Desta vez, o jogador que se acostumou a defender o rubro-negro mudou de cor e adotou, pelo menos por uma noite, o verde e branco. A torcida da Imperatriz e a do Flamengo, fiel a Zico, esperam que desta mistura, saia um arco-íris de alegria com o título.