icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/06/2014
14:57

A Holanda cozinhou e levou. Tendo sido dominada durante grande parte do jogo, a Laranja Mecânica jogou mal, mas acordou apenas nos minutos finais para virar diante do México, fazer 2 a 1, e passar às quartas de final. Com gols de Sneijder e Huntelaar, o time mostrou que segue vivo na briga pelo título!

Nas quartas de final, a Holanda enfrenta Costa Rica ou Grécia, que se enfrentam neste domingo, às 17h. O vencedor deve cruzar com a Argentina nas semifinais.

CALOR TOMA CONTA

A grande marca do primeiro tempo no Castelão foi o sol absolutamente forte que dificultou as ações por ambos os lados. O México, mais firme do que o adversário, jogou mais com a bola no pé e teve em Layún as melhores oportunidades de gol. No entanto, não conseguiu obrigar o arqueiro Cillessen, da Holanda, a operar nenhum milagre.

O show a parte ficou por conta da torcida mexicana, que invadiu Fortaleza e fez a festa no local. Todas as vezes que o arqueiro da Laranja Mecânica cobrava um tiro de meta, eles gritavam muito, o xingando e fazendo pressão. Na prática, ela não resultou em gols, mas fez com que o time da América do Norte não levasse sustos. No último lance, Robben reclamou de pênalti, mas o árbitro Pedro Proença nada marcou.

NEM PAREDÃO SALVA

Tranquilo, o México começou a comandar o meio de campo com mais ofensividade. Prova disso é que logo aos dois minutos, Giovanni dos Santos dominou uma bola na intermediária e bateu cruzado, no canto de Cillessen, para abrir o placar. A Laranja Mecânica falhou uma vez e ela foi suficiente para jogar tudo no lixo.

Depois a bola na rede, o verdadeiro craque do México entrou em ação. Após parar o Brasil, o goleiro Guillermo Ochoa fechou o gol novamente e evitou pelo menos quatro chances claras de gol da Holanda. No entanto, nem ele conseguiu salvar o México. Aos 42 minutos, após bate e rebate na área, Sneijder dominou na entrada da área e fuzilou.

Só que já nos acréscimos as coisas mudaram. Robben mostrou porque é craque, cortou pela direta e foi derrubado na área por Rafa Márquez. Na cobrança, o atacante Huntelaar bateu com extrema categoria e colocou a Laranja Mecânica nas quartas de final. Que jogaço!

FICHA TÉCNICA
HOLANDA 2 X 1 MÉXICO

Data e horário: 29/6/2014, às 13h
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Pedro Proença (POR)
Assistentes: Bertino Miranda e José Trigo (POR)
Público: 58.817 presentes
Cartões Amarelos: Aguilar (MEX)

GOLS: Giovanni dos Santos, aos 2'/2ºT (0-1); Sneijder, aos 42'/2ºT (1-1) e Huntelaar, aos 48'/2ºT (2-1)

HOLANDA: Cillessen; Verhaegh (Memphis Depay, aos 11'/2ºT), Vlaar, De Vrij, Blind e Kuyt; De Jong (Bruno Martins Indi, aos 8'/2ºT), Wijnaldum e Sneijder; Robben e Van Persie (Huntelaar, aos 30'/2ºT). Técnico: Louis Van Gaal.

MÉXICO: Ochoa; Aguilar, Maza Rodríguez, Rafa Marquez; Layún, Salcido, Hector Moreno (Diego Reyes, no intervalo), Hector Herrera e Guardado; Giovani dos Santos (Aquino, aos 15'/2ºT) e Peralta (Chicarito Hernández, aos 29'/2ºT). Técnico: Miguel Herrera.