icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/04/2014
00:21

Herói do Santos na noite desta quarta-feira, com dois gols e ótima atuação contra o Mixto-MT, pela Copa do Brasil, Gabriel fez questão de dividir os méritos pela vitória alvinegra e exaltou seus companheiros de ataque. Após a partida, vencida por 3 a 0, ele agradeceu a Thiago Ribeiro por ter tido a oportunidade de cobrar o pênalti, e também a Geuvânio, autor da jogada que originou o segundo gol dele.

– Tem que dar os parabéns para Geuvânio, Thiago, que deixaram eu bater o pênalti... Não é o Gabriel, é todo mundo que lutou. O importante é o time ganhar – disse.

Artilheiro do Peixe na temporada ao lado de Cícero, com nove gols, ele ainda não tem a titularidade garantida. Contra o Mixto, ele só começou jogando por conta das ausências do camisa 8 e de Leandro Damião. No entanto, a tendência é que, domingo, contra o Sport, na estreia do Brasileirão, o jovem atacante seja mantido na equipe.

– Vou trabalhar, continuar treinando bastante, deixando tudo nas mãos de Deus. O Oswaldo é um grande treinador, tenho confiança nele e ele em mim. É trabalhar e deixar com ele – afirmou o Gabigol, que vinha jogando como meia.