icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/07/2014
09:43

Após a emocionante classificação para as semifinais, após empate no tempo normal e na prorrogação, além da disputa de pênaltis, a Holanda retornou ao Rio de Janeiro, onde está hospedada durante o Mundial. E, apesar de ter chegado ao hotel na madrugada deste domingo, a delegação holandesa foi recepcionada por cerca de 30 torcedores, que ganharam autógrafos de vários jogadores como Robben, Van Persie, Sneijder.

O técnico Louis Van Gaal e seu auxiliar Patrick Kluivert também pararam para dar atenção aos fãs. Curiosamente, o heroi da classificação, o goleiro Tim Krul, que defendeu as cobranças de Ruiz e Umaña, passou despercebido pela torcida.

Algumas camisas da Argentina, adversária da Holanda na semifinal de quarta-feira, também foram vistas em meio a tantas laranjas da Holanda. Nos bares próximos do hotel onde os jogadores estão hospedados, uma grande concentração de brasileiros e argentinos protagonizaram um duelo de cantos provocativos.

Enquanto os 'hermanos' entoavam a canção lembrando do confronto da Copa de 90 e dizendo que Maradona é melhor que Pelé, os brasileiros ofendiam o ídolo portenho e lembravam que mil gols só Pelé tem.

Argentina e Holanda se enfrentam na próxima quarta, dia 9, na Arena Corinthians, às 17h.