icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/06/2014
16:14

Imagine Carlos Alberto Parreira deixando Romário fora da Copa de 1994 ou Felipão deixando Luizão fora da Copa de 2002. Foi exatamente isso que o grego Ange Postecoglou fez na seleção da Austrália. O atacante Joshua Kennedy, herói e autor do gol da vitória que classificou os Socceroos para o Mundial deste ano em vitória contra o Iraque, foi cortado e terá de assistir os jogos em casa.

Pré-convocado para a Copa do Mundo, Kennedy conviveu com muitos problemas nas costas nos últimos meses e não mostrou evolução desde que chegou ao Brasil para uma série de treinamentos no Espírito Santo. Com isso, Postecoglou o preteriu juntamente com o lateral Luke Wilkshire, o goleiro Mark Birighitti e o meia-atacante Tom Rogic.

Na última segunda-feira, inclusive, os Socceroos fizeram um amistoso contra o Paraná no estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, no Espírito Santo. Na vitória por 2 a 0 nenhum dos jogadores cortados atuou e por isso foram cortados. Vale lembrar que a Austrália inicia a Copa do Mundo em confronto diante no Chile, no dia 13 de junho, às 19h, na Arena Pantanal.

Austrália: sem esperanças na busca por um milagre

Com 31 anos, Kennedy joga pelo Nagoya Grampus desde 2009, mas se destacou mesmo no futebol alemão. De 2000 a 2009 ele permeou entre alguns clubes de menor expressão e apareceu para o futebol quando teve a chance de jogar pelo Nuremberg e depois pelo Karlsruher.

Confira os convocados da Austrália para a Copa do Mundo:

Goleiros: Mathew Ryan (Club Bruges), Mitchell Langerak (Borussia Dortmund), Eugene Galekovic (Adelaide United);

Defensores: Jason Davidson (Heracles Almelo), Matthew Spiranovic (Western Sydney Wanderers), Ivan Franjic (Brisbane Roar), Bailey Wright (Preston North End), Ryan McGowan (Shandong Luneng), Alex Wilkinson (Jeonbuk Hyundai Motors);

Meio-campistas: Oliver Bozanic (Luzern), Mark Bresciano (Al Gharafa), James Holland (Austria Vienna), Mile Jedinak (Crystal Palace), Matt McKay (Brisbane Roar), Mark Milligan (Melbourne Victory), Dario Vidosic (Sion), James Troisi (Atalanta), Massimo Luongo (Swindon), Tommy Oar (Utrecht);

Atacantes: Tim Cahill (New York Red Bulls), Matthew Leckie (FSV Frankfurt 1899), Ben Halloran (Fortuna Düsseldorf), Adam Taggart (Newcastle Jets).